Com amor, todo sonho é possível

Egos

Boa noite, desejo que realmente sua noite seja muito boa.
Estou um pouco relutante em escrever, pensei em fazer um blog bem água com açúcar, leve e ligth como falei para a Elaine Gasparetto, mas preciso colocar em algum lugar os meus pensamentos, para poder me organizar internamente.
Fico pensando em como è tão difícil lidar com egos inflados e pessoas mesquinhas.
Às vezes encontramos pessoas muito gentis, que sempre lhe abrem as portas e lhe deixam "à vontade", como se fôssem solidários à causa, sempre lhe dando esperanças, como se encostassem o doce nos seus lábios, e você cai como patinho ou melhor, como criança, ingenua, que ainda acredita que vai degustar aquele doce maravilhoso que lhe faz salivar toda vez que encontra a pessoa.
Ontem percebi o quanto tenho sido usada e manipulada estes anos todos.
A necessidade que tenho de estar com as pessoas, sempre me levou a participar de atividades comunitárias.
Quando mudei para a chácara, não foi diferente, me apresentei na Igreja e me ofereci, mas na época o padre não quis. Dois anos depois mudou o padre e meu filho falou: -mãe mudou o padre, vai falar com o novo padre, que parece ser bom.
Fui e iniciei um trabalho em fevereiro de 2007.
Nessa época fazia terapia e também artesanato, trico, croche, tear, patchwork e bonecas.
Parei com a terapia e fui parando com os cursos, pois me ocupava com os trabalhos do grupo que estava iniciando na Igreja. Minha 1ª formação foi em Serviço Social, mas já tinha sido há décadas, não havia exercido a profissão, então caiu em minhas mãos um folder de curso de pós graduação. Imagina se não fui correndo fazer, não pensei se dava ou não. Fui.
No grupo comunitário iniciamos com os amarradinhos, tinha alguma talagarça, fizemos uns quadradinhos, conseguimos retalhos, comecei a ensinar e as pessoas vinham e pediam mais - queriam tear.
Conversei com a Irene, professora de tear e ela me encorajou dizendo que viria uma vez por mês, para dar uma força. A sala ficava cheia de 35 a 40 alunos. Aí você quer caminhar mais, e não tem de onde tirar verba para as despesas e a gente vai suprindo.
Estudando você já gasta muito, imagina quando você começa a pegar as suas coisas para que as pessoas possam aprender, pois muitas vezes elas não têm como comprar.
Você chega à conclusão que tem que achar um caminho para não pesar tanto.
Vamos legalizar o Grupo, aí começou outra história que depois eu conto.
Começamos a incomodar. Como nós, humildes mortais, sem "casta", sem nada, podíamos estar desenvolvendo um trabalho comunitário, enquanto outros "com tudo" não alçavam vôo?
Quando batemos à porta todos são muito polidos, gentís, nunca dizem não, "me dá uns 15 dias".
Você volta, -: não deu ainda, -: não consegui resolver, -: volta depois, até você cansar e esquecer.
Você não esquece não, mas fica tão enojada com o descaso dos egos inflados do poder.
Através da amiga muito especial que é a Irene, promovemos um evento que nos possibilitou arrecadar 300 novelos de lã antialérgica própria para roupinhas de bebê. - porque?
Nós oferecemos às gestantes, que não têm condições, enxovalzinho para o bebê.
E, às vezes precisamos de favores: ontem fui solicitar, conseguimos.
Quando retornei e dei a notícia ao grupo, detonaram a bomba: estão agindo por trás, para promover um mega evento.
Eu fico pensando ou as pessoas são incapazes de criar ou são sacanas mesmo e roubam as idéias e criam situações que podem prejudicar o trabalho dos outros, por puro interesse eleitoreiro.
O pior de tudo é que esses vampiros sempre se dão bem, infelizmente.
Oferecemos um alfineteiro, na ocasião do evento, com a seguinte frase:
"Se a vida lhe oferecer alfinetes, não se espete e nem lastime, coloque-os no alfineteiro".
Hoje estou colocando os alfinetes aqui, para não me machucar, não gosto de lastimar, mas preciso refletir.
Boa noite, bom soninho, abraços carinhosos

2 comentários:

  1. Olhe prá trás e veja o quanto vc já realizou e quantos obstáculos ultrapassou. Perceba que mesmo com tantos problemas, vc chega nos seus objetivos. Não desanime agora.... Vc já chegou tão longe. Ignore os que são contra vc... apenas continue. Tudo dará certo porque vc está fazendo uma coisa boa. E nós, seus seguidores, estamos aqui prá te ouvir e encorajar sempre que precisar.
    bjs
    Sônia

    ResponderExcluir
  2. Sempre encontraremos pedras pelo caminho... A solução é olhar bem para não tropeçarmos. O resto,ah, o resto é o resto. Deus provê, Deus proverá...

    ResponderExcluir