Com amor, todo sonho é possível

Blecaute

Boa noite, que saudade deste cantinho, que saudade dos amigos virtuais maravilhosos. Estávamos desde ontem sem luz, arrumaram agora, 30 horas depois.
Este é um dos inconvenientes de morar afastado, ou melhor no mato.
Mas, apesar de tudo é muito bom, mesmo que não consiga andar até os locais em que participo dos trabalhos comunitários, porque aqui não passam os ônibus circulares. É interessante, aqui se instalaram muitas indústrias e também muitas pessoas moram mais afastadas do centro, onde os terrenos têm preços mais acessíveis ao lado de chácaras, sítios e algumas fazendas que estão virando condomínios industriais. Mesmo assim, as ruas ainda são de terra.
Desejei este pedacinho de chão 25 anos antes de o comprarmos, o tronco em que sentávamos para admirar a paisagem, continua no terreno agora nosso, mas já todo desfeito pelo tempo. Em tempo, aqui só haviam eucaliptos plantados. Precisamos contratar profissionais para retirar os eucaliptos e fazer um trabalho de terraplanagem, que por sinal foi muito bem executado pelo Lazinho, a quem agradeço e abençoo o tempo todo. Se não fôsse por ele o terreno não seria tão bonito quanto é e, não faria jús ao nome: Recanto Sonho Meu. Reflorestamos com mudas próprias da mata Atlântica.
Mudamos para nossa chácara em 20 de março de 2001, do jeito que estava, com tudo por fazer.
Nós havíamos contratado uma construtora que prometia entregar em 30 dias, alvenaria e telhado, isso em agosto de 2000 e nós alugamos uma casa no centro, por 6 meses, para acompanhar a obra.
Como aqui é muito frio, fiz uma pesquisa  de materiais alternativos.
Na época pensamos em construir casa de madeira, mas sabíamos dos problemas com a idoneidade dos construtores, a qualidade das madeiras e a manutenção.
Então, através de um anúncio conheci os blocos estruturais de cerâmica, são termo acústicos e isolantes térmicos. Pena que não pesquisei a idoneidade do construtor.
Assim, olho no olho, acreditei no vendedor, fiz algumas perguntas, obtive respostas que me agradavam, lembro que  questionei a base da casa, a resposta que obtive foi: - Serão feitas sapatas de l,5 de profundidade em todos os cantos da casa e o baldrame formará uma cinta amarrando tudo.
Na hora até brinquei: - que beleza, será como nos EEUU, se eu  conseguir um rebocador poderei remover a minha casa de um lugar para outro?
- Com certeza.
Estava super feliz, uma casa forte num lugar que amei. Doce ilusão.
Antes da entrega, já estava ciente que a casa não era tão forte. Que fique bem claro, o construtor foi desonesto, porque os blocos estruturais de cerâmica fazem toda a diferença.
Logo que me mudei para a chácara, me livrei de uma amiga que me acompanhava desde criança: a rinite.
Quer coisa melhor que essa? o inconveniente do construtor, o blecaute, a falta de ônibus e as ruas de terra se tornam insignificantes, não acham?
Vou fazer umas visitinhas aos meus amigos, boa noite.

Um comentário:

  1. Tenho dificuldades de me imaginar morando afastada do centro da cidade. Sei que isso é maluquice minha. Admiro a beleza do campo, mas mesmo sendo bióloga (o marido diz que sou bióloga só de laboratório)minha "praia" é a cidade. Isso talvez precise de um analista... Durante o dia acho tudo maravilhoso... chega a noite e fico doida pra voltar.

    ResponderExcluir