Com amor, todo sonho é possível

A Chave da felicidade - 4ª parte

Sumi, deve ter pensado que havia esquecido do texto, não?
Você está bem?
Fiquei ausente contra minha vontade:
1º) marido pegou uma virose brava, se tornou rei e não abdicou do trono, até ontem;
2º) o trabalho dobra, a higienização de toda a roupa e ambiente intensifica e a atenção com o doente que só comia a maçã ou pera se eu descascasse (ele não tem paciência), chazinho, purezinho, dieta bem controlada;
3º) para completar ficamos 4 dias sem telefone e internet = manutenção dos cabos.
Nossos compromissos não podem ser adiados e com exames marcados, não podia faltar.

Agora vejam a delicadeza da Maria Luisa, quando cheguei para a aula da Idinha.

Ela aproveita as latinhas de molho de tomate, pinta e planta violetas.
Precisa falar mais alguma coisa?
Obrigada Maria Luisa, você foi o presente mais lindo que a Idinha nos ofereceu.
As amizades se multiplicam, se transformam e se completam.
A semana havia sido estafante, conversei com a gestante que estava me aguardando e fiquei muito emocionada com a situação daquela senhora: conclusão entrei na sala visivelmente triste.
A visão das flores bem no local que costumo ficar, enterneceu meu coração e pensei como Deus é generoso, posso dizer que sou uma pessoa feliz pelas amizades maravilhosas que tenho.


A Chave da felicidade - 4ª parte
Estamos transcrevendo, na íntegra o texto de Liane Camargo de Almeida Alves
publicado na revista Bons Fluídos - junho de 2002

A IMPORTÂNCIA DO AQUI E AGORA

Respirar no presente perfeito, cantar no coro das esferas, dançar na ciranda do mundo, rir o eterno riso de Deus, é o que nos cabe como parte da felicidade. (...) Essa música infinita, essa eternidade de sons plenos e de brilho dourado é o presente perfeito, que não conhece tempo e história, antes e depois.
(Hermann Hesse, escritor alemão, 1877-1962.)

É preciso querer abdicar da vida que planejamos para ter a vida que está esperando por nós. Vivemos para
provar a experiência da vida, tanto a dor como o prazer. Diga "sim!" à vida, totalmente. Participe com alegria do sofrimento do mundo. O privilégio da vida é ser exatamente quem você é.
(Joseph Campbell, antropólogo americano, 1904-1987.)

O homem que mais vive não é aquele que somou mais anos, mas sim aquele que mais aproveitou a vida.
(Jean-Jacques Rousseau, filósofo francês, 1712-1776.)

Valorizar o momento presente é fundamental para o encontro definitivo com a felicidade.  Se nunca aproveitamos a vida, agora é hora. Hoje deve ser sempre o nosso mais maravilhoso dia.
(Thomas Dreier, pensador alemão, 1930.)

Aqui termina a 4ª parte:

Todos os pensadores e escritores formam conceitos e definem determinadas situações a partir de seu ponto de vista. Todos têm certa razão, mas foi na Pastoral da Criança que senti a importância do aqui e agora, através do versículo "Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância" - Jo 10,10 .
Todas nossas ações têm de ser baseadas no aqui e agora, quando nos deparávamos com situações de crianças ou gestantes desnutridas, a ação era imediata. Se eu fosse pra casa pensar e refletir no que fazer, já poderia ser tarde. Entendo que a vida é em todos os sentidos: pensamentos, palavras e obras.

A VIDA que vem de Deus é um presente no presente, no momento seguinte já passou, já pode ter ocorrido a morte ou a chance de mudar nossos rumos. Estar aqui agora é maravilhoso, enquanto eu souber conduzir meus pensamentos, expressá-los com palavras, que possam contribuir com ações para o bem comum.

Vou saindo, as roupas me esperam, abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário