Com amor, todo sonho é possível

Amar

Em 15/09/2013

Mãe,
só eu sei a falta que você me fez,
como queria,
mais uma vez,
poder te abraçar.

Mãe, amei e ainda te amo muito,
a tua ausência me fez carente do amor mais puro,
que podemos experimentar.

Talvez, por ter sido única e a perda precoce,
tenha criado o vazio que,
desesperadamente,
tentei preencher e
na doçura do açúcar me consolar.

O açúcar é enganoso,
adoça nossa existência por efêmeros momentos,
no entanto,
o tempo nos mostra,
com grandes evidências,
os malefícios e os estragos reais,
que ele faz.

Agora, com muitos amores,
teria mais razões,
para não perpetuar estigmas
que insistiam em me acompanhar.]

Porém, o inimigo seduziu,
com sua doce lábia e muitas mentiras,
promovendo a discórdia e
enorme decepção,
daqueles que acreditava serem a minha vida.

Mas, no abandono,
conheci a verdadeira razão,
que me mantém sóbria e firme,
embora a ausência deles,
teime em me castigar.

Só agora entendi,
que não são meus seis amores,
que me preenchem a vida,
quando a morte insiste em querer me levar.

É um Amor Maior,
muito mais Intenso,
que me faz solidária e voluntária,
da linda proeza que é viver

Esse Amor é Fiel, Leal e está presente,
quando as dores e o sofrer nos querem derrubar.
Promove Esperança e nos dá ânimo para continuar.

Agradeço a Ele, meu Pai Amoroso,
por superar a perda da minha mãe e
o desprezo dos seis filhos,
que até ontem,
pensei ser a razão da minha existência.

Agradeço a Presença e o Entendimento
nos momentos em que a solidão tornou-se necessária,
para que Tu pudesses me encontrar e
eu pudesse Te achar.

Agradeço a Deus,
que se Manifestou em minha vida,
Permitindo que a cada dia,
tenha mais razões para acreditar
que Ele Tudo Pode e,
com certeza, me Bastará.

Além Dele,
é acréscimo,
que com prazer,
posso aceitar,
sem criar expectativas,
que me façam chorar.

Um comentário: