Com amor, todo sonho é possível

amarradinho


Você está bem?

Eu estou bem, na graça de Deus.

Ganhamos 2 presentes de amiga do grupo e gostaríamos de falar um pouco sobre eles. São peças confeccionadas com retalhos, numa técnica que gosto muito: amarradinho.

Você pode criar peças variadas utilizando esta técnica, reaproveitando retalhos e criando verdadeiras obras de arte.
Este lindo que chamo "loquinho" é engraçadinho e fica em cima do móvel,


onde colocamos o gatinho de pelúcia;


D. Maria Aparecida confeccionou utilizando a redinha, 
que vem com legumes ou laranja, amarrando cada fio,
depois aproveitou a renda de cortina velha, 
para forrar a peça... 


Este fizemos, quando aprendemos com a Eliana, em 2006,
loja Tricotê, em Mairiporã,


o avesso ficava assim...


fizemos para o banquinho, 
amamos o resultado...


Ganhamos, também, este tapetinho da D. Maria Aparecida,
ele fica na casinha da Madona,
às vezes, a gatinha Pitchulina fica lá...


Ele foi feito em tecido saco,
não tem forro.


Quando montamos o grupo de trabalho, 
em fevereiro/2007,
Iniciamos com os materiais que tínhamos para oferecer:
1) a telinha - 16x16cm, já contornada com fita crepe;
2) sacos e mais sacos de retalhos, 
que depois aumentaram, porque trouxeram mais.
Curioso, que a telinha foi cortada de um pedaço de talagarça,
adquirido em 1969, para fazer um tapete para o quarto de nosso 1º filho.
Nunca terminamos o tapete, que eram 6 ursinhos, como o que está embaixo,
mas nos possibilitou, conhecer pessoas maravilhosas e, junto com elas,
estamos até hoje, desenvolvendo uma atividade que nos encanta, 
que é conhecer pessoas e espalhar o amor.
Se pudesse medir, 
pouco oferecemos,
mas muito recebemos,
dessas meninas maravilhosas,
que compõe o Grupo Geracoração.
Em baixo: l ursinho em ponto Smirna, que restou, sem terminar,
1 amostra de amarradinho em branco e preto,
1 amostra de pontos de tapeçaria, feita em telinha antiga,
1 amostra de pontos de tapeçaria, feita em talagarça mais atual..
As duas amostras de tapeçaria fora feitas pela Lúcia Sousa,
com orientação da Valdirene, que domina a arte do arraiolo.




Agradecendo a Deus por nos conduzir a este local, onde as pessoas compartilham amor e conhecimento, nada exigindo, daquele que precisa. Que essas pessoas do bem, sejam sempre abençoadas, abraços carinhosos
Maria Teresa

4 comentários:

  1. Olá Maria Teresa,
    Não conhecia essa técnica, apesar de já ter visto peças assim. Muito bacana esse trabalho que une as pessoas, resulta em peças bonitas e úteis e ainda reaproveita materiais!
    Obrigada pela visita tão carinhosa.
    Beijinhos
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju este tipo de trabalho é antigo e acredito que ainda seja executado por algumas artesãs pelo interior do estado. Ele é como o ponto Smirna, utilizando a agulha de crochê normal ou a agulha própria para o ponto de tapeçaria. Algumas meninas fizeram bolsas e tapetes muito bonitos, mas o principal é a amizade que nos uniu e a partir daí, direcionamos os objetivos comuns. Sou muito grata pelo carinho, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  2. Que produtos bonitos, trabalhos fantásticos. Gostei imenso :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Miguel Pereira, são trabalhos realizados para o reaproveitamento de materiais, que normalmente são descartados. Agradeço seu carinho, abraços
      Maria Teresa

      Excluir