Com amor, todo sonho é possível

Tenho tempo, Senhor



Toda gente se queixa de não ter tempo bastante. É que olham a vida, sua vida, com olhos humanos demais. Sempre se tem tempo de fazer o que Deus nos dá a fazer. Mas, é preciso estar totalmente presente em todos os instantes que Ele nos oferece.

Tenho tempo, Senhor.
Tenho todo o meu tempo. 
Todo o tempo que me dás.
Os anos de minha vida,
os anos de meus anos,
os minutos de meus dias,
são todos meus.
Cabe-me preenchê-los
tranquilamente,
calmamente.
Mas,
preenchê-los inteirinhos,
até a borda,
para dá-los a Ti
- e que,
da água sem sabor,
faças um vinho generoso,
como outrora,
em Caná,
fizeste para as bodas humanas.

Nesta noite eu não te peço,
Senhor,
o tempo de fazer isto e
depois aquilo.
Peço-te a graça de fazer,
conscienciosamente,
no tempo que me dás,
o que queres que eu faça.


Texto extraído do livro "Poemas para Rezar",
de Michel Quoist

Ocaso em 11/10/2014,  às 18 horas,
atrás do ipê rosa, muito queimado,mas que teimou em florir.


Neste poema, de Michel Quoist, percebemos a doçura e a confiança que sentimos, quando nos entregamos a Jesus Cristo e nos libertamos do tempo mundano. Nossa vida a Deus pertence e, só Ele tem o propósito e o tempo de aqui estarmos.

Agradeço a Deus o momento e o dia que me permite viver, peço Sabedoria para discernir a Direção e, que seja sempre feita a Sua Vontade. Amém  


0 comentários:

Postar um comentário