Com amor, todo sonho é possível

Traição castigada


Anoitecer de hoje, em casa...


Certa garça que morava à beira de uma lagoa tornou-se muito preguiçosa e, como já não se sentisse com ânimo para perseguir os peixes, inventou um artifício para agarrá-los sem muito esforço.
Disse-lhes:
- Triste notícia, meus amigos! Uma enorme desgraça vai cair sobre nós. Os homens, segundo ouvi dizer, vão esvaziar esta rica lagoa para apanhar os peixes, frigi-los e comê-los Eu sei que entre as montanhas há um lago imenso, de águas puras e cristalinas. com muito gosto vos levaria para lá, mas sinto-me tão velha e fraca que dificilmente poderia fazer qualquer coisa em vosso auxílio.
Os peixes pediram, por favor, à garça, que os não abandonasse naquela triste dependura.
- Está bem - retorquiu a garça - Trabalharei por vós. Como não posso, entretanto, levar a todos juntos, vou transportar-vos carregando um de cada vez.
Ficaram muito contentes os peixes, e todos eles empenharam-se em partir levados pela ave salvadora.
- Leva-me a mim! Leve-me a mim! - gritavam.
E a garça começou em execução o seu plano. Apanhou um peixe com o bico, levou-o para o campo vizinho e come-o. A mesma coisa fez, a seguir, com muitos outros que a ela se entregaram confiantes.
Mas na dita lagoa morava, também, um velho caranguejo astucioso e desconfiado. Este não acreditou nas boas intenções da pernalta e resolveu apurar a verdade.
- Tenho receio de morrer aqui, minha garçazinha! - lamentou com voz triste. - Queres carregar-me, também, para o grande lago das montanhas?
A garça apanhou o caranguejo e levou-o. Ao chegar ao campo desceu, e ia preparar-se para devorar o ladino crustáceo, quando este, ao ver as espinhas secas dos peixes que o haviam precedido, apertou entre as unhas fortíssimas o pescoço da garça e a estrangulou. Voltou depois para a lagoa e contou o caso aos peixes que aguardavam ainda a pérfida traidora.
Aquele que procura agir com maldade e má fé, cedo ou tarde, receberá o justo castigo de suas indignidades.
"O  próximo nunca está perto de quem está longe de Deus, quem não se chega ao próximo se afasta de Deus."
"A dádiva de um coração é sempre acolhida com benevolência; a luz da verdade nunca amanhece tarde na alma."

Texto do livro "Lendas do céu e da terra" - Malba Tahan- Edição 1983

Hibisco solitária que venceu as formigas.


Abraços carinhosos


4 comentários:

  1. ♥Com amor, todo sonho é possível♥
    Muito feliz venho buscar seu link quero caminhar a seu lado sempre,
    assim como a garça também passei a pouco por uma traição de fazer dó de mim mesma.
    Com quase dez anos com blog nunca tinha
    encontrado coisa semelhante.
    Seu comentário foi um grande incentivo nesse momento,
    em que estou escrevendo meu segundo livro .
    Sou uma pessoa simples que luta para viver
    entre num mundo s´meu sem fantasias,
    mas com imensa vontade de viver .
    Obrigada pelo carinho és muito especial.
    Beijos feliz e abençoado final de semana.
    Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe Evanir, você apareceu e me ofereceu a sua amizade de uma forma tão linda, que fiquei curiosa e fui te conhecer, em tudo que li e vi, senti pureza e muito amor, como te disse, me encantei. Também sou sobrevivente, luto muito para viver dignamente, revitalizei meus sonhos, não tenho aspirações literárias, mas admiro muito quem as tem, agora o que acredito é que com amor, chegamos lá. Estou honrada em ter a sua companhia, não sei se mereço, mas farei tudo que estiver ao meu alcance, para lhe acompanhar. Amém, obrigada amiga, que seja sempre muito abençoada, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  2. Linda história!
    A vida é assim...
    Bom dia pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Ana, a vida é assim mesmo, os mais espertos devorando os crédulos...
      Agradeço seu carinho, abraços afetuosos
      Maria Teresa

      Excluir