Com amor, todo sonho é possível

Tudo se repete - 13





26/07/1978 -

Já está se tornando uma obsessão esta minha procura, não estou conseguindo diferenciar uma atenção da amizade, de um compromisso maior em termos de relacionamento.

Ao se referir àquela menina comentou que agia assim com todo mundo, que era atencioso, sem ter intenção maior que a de simples amigo.

Portei-me como uma criança que quer ser protegida e acaba pensando que, por ser órfã, recebe um sorriso, será o bastante para acreditar que pretendem adotá-la.

Quantas e quantas vezes passamos por algum animal abandonado que nos olha, como que suplicando um afago, às vezes paramos, olhamos, damos um alimento, o que é raro e, vamos em frente; outras vezes, nem sequer o notamos.

E, quando sente que pelo menos um olhar lhe foi dirigido, emerge de seu íntimo, uma esperança de que este poderá lhe acolher e adotar.

0 comentários:

Postar um comentário