Com amor, todo sonho é possível

Tudo se repete - 3


A vida está sempre nos dando sinais,
alertando onde não devemos pisar,
precisamos acreditar mais em nossa intuição,
para não sofrer decepções.


03/04/1978
Apareceu, depois de 6 meses, pedindo para voltar, parecia estar tudo bem.

28/04/1978
Levou todas as suas coisas e deixou um bilhete:
- "Teresa sinto muito em lhe dizer mas eu fui embora não dou para ser babá e tem outra a Empresa nos uniu e nos separou eu não gosto mais de você adeus."

30/04/1978
Meu filho, de 1 ano e meio, foi internado com broncopneumonia passou 7 dias no hospital.

28/05/1978
Boa noite. Estava com saudade de você, há tanto tempo que não lhe faço confidências, tantas coisas aconteceram, muita coisa mudou, eu mudei.
Só uma coisa ainda me incomoda - é esta terrível dor de cabeça.
Comecei a fazer expressão corporal e conheci um rapaz muito bacana, depois de uma fase muito negativa senti atração por alguém e, é o WWW - loiro, alto, tem um papo gostoso, incrível e, pensar que cheguei a consultar o meu médico, pensando haver mudado de sexo.
Confesso que me apavorei, não quero, em hipótese alguma, chegar ao extremo. Tive medo da conversa com a AAA. Parece que ela está afim, só de pensar fico atrapalhada, como seria? Teria condições?
O WWW faz o possível para conversar comigo, é só chegar, já se levanta para me levar à cozinha oferecer café.
É gostoso sentir que alguém se interessa por nós, dá para esquecer as idiotices que se vive fazendo todo o tempo.
Hoje faz um mês que consegui tirar a venda dos meus olhos e enxergar as coisas como são. Não devia ter cedido no dia 4 de abril. Sua intenção foi bem clara, estava mesmo a fim de me arrebentar, sabendo da cirurgia a que havia me submetido no dia 1º de abril, nem sequer se preocupou, queria é a desforra, estragar pra valer.
Tudo bem, sua alma, sua palma.
Adeus!!!
WWW é doce, tão atencioso, mas o medo me cerca.
Na sexta-feira, você me convidou para tomar um chopp.
Para mim é um teste , preciso demais me libertar do vínculo que me liga ao xxx.
É muito, a gente ficar ligada a um homem, que só nos usa como coisa, quando quer, quando eu quero tenho que me contentar com a presença da solidão.
No sábado te evitei. Na 2ª feira recebi teu telefonema, foi emocionante, acredite, não sabia o que dizer e mal podia te ouvir.
Fomos à Choperia, estava gelada, não sabia o que fazia, acho que te choquei:
-"Você saiu para tomar chopp ou o quê?"
Acho que não regulo muito bem. Concorda comigo?
Parecia uma tonta, você atrapalhado e eu cada vez mais te embaraçava.
Você num canto, eu noutro, parece que sentia medo de tomar alguma iniciativa para pegar minha mão ou tentar beijar.
Foi um fiasco.
Você só pode ser um grande amigo. E, que não estraguemos esta amizade.
Tem um rosto na estação. 
Um rosto que está aparecendo por volta da 7 horas.


Abraços carinhosos

2 comentários:

  1. A intuição é um dom que nos foi dado. Uma prova de que alguém olha por nós.
    Te convido a seguir este blog, voltado à conscientização ambiental: projetoararasopb.blogspot.com
    Muito grata!

    ResponderExcluir
  2. Ana você é uma pessoa perspicaz e intuitiva, por isso a admiro e respeito. Aprendo muito com seus comentários e observações. Já que não posso mudar os fatos que me prejudicaram, estou tornando público, para que outras mulheres tenham oportunidade de repensar suas vidas e, mudar, se preciso for. O amor não muda ninguém, o amor não forma caráter, o amor não cria responsabilidade, nem tampouco respeito. Se o homem é um troglodita sem caráter, nunca deixará de ser, apenas vai se especializando, cada vez mais, ajustando a máscara para as conquistas.
    Já estou seguindo " projetoararasobp.blogspot.com ", amei sua iniciativa, agradeço seu convite, abraços afetuosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir