Com amor, todo sonho é possível

Tudo se Repete - 21


(24/04/79)
A espera é inquietante,
perturba e
quer machucar,
lançando dúvidas,
que podem atrapalhar.

Se você presente
é uma incerteza,
ausente,
é o acreditar de um sonho,
é a esperança,
que não está perdida.

Sinto tanta falta
de teu corpo
que me aquece,
aquele jeito só teu,
de menino medroso,
louco para
abocanhar o doce,
hesitante em tocar.

Se você soubesse
como te amo na volta,
a saudade te faz mudar,
te desejo demais,
para não ceder
à tua vontade.


0 comentários:

Postar um comentário