Com amor, todo sonho é possível

As dores

" Quem não luta pelos seus direitos, não é digno deles."
Rui Barbosa

"Quem poupa o lobo, sacrifica a ovelha."
Victor Hugo

"Eu não sou o que aconteceu comigo. Eu sou o que escolhi me tornar."
Carl Jung

"O mal existe e tem gente que simplesmente não presta."
Glória Perez

\o/\o/\o/

Anoitecer do dia 15 de maio.


As dores que sofri,
as mágoas que engoli,
ninguém passou por mim,
nem tampouco
imagina o que é,
passar pelo dissabor
de ser invadida
sem consentimento!!!

O que querem de mim,
me fazendo reviver meus tormentos???
Trazer presentinhos,
pra aliviar a dor do abandono e desprezo???

Hoje querem desfazer
"mal entendidos" que me fizeram,
imputando mais culpas em mim???
"Você assinou procuração,
lhe dando poderes!"

Se existe tal documento,
ele foi falsificado,
por um dos mentirosos!!!

Tantas coisas me enfiaram 
goela abaixo,
nunca aceitaram minha palavra,
abaixei a cabeça 
para o discernimento,
acreditando em minha culpa e
inflamando meu "hiato",
chega,
já muito me agredi.

Depois de tanta reprovação e
descaso,
me poupem das ironias descabidas,
respeitem meu luto da família,
cruelmente,
assassinada pelas mentiras.

Já falei e volto a repetir,
se quiserem me alegrar com a presença,
se dispam da maldade,
na minha presença.

Foi essa a única 
condição que impus,
nada quero saber dessa pessoa,
nem quero que levem nada de mim.

Se amor, 
não podem me dar,
preservem em mim,
o amor que ainda lhes tenho.
Abraços carinhosos 

10 comentários:

  1. oi minha linda desculpe meu sumiço mas ando num corre corre só, amei o post mada, vim te desejar uma excelnte semana bjkas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudia fique em paz, amo te visitar, amo os gráficos que sempre disponibiliza,
      por isso estou sempre lá. Sou muito grata pelo carinho que tem comigo, desejo
      que tenha também uma excelente semana, abraços afetuosos
      Maria Teresa

      Excluir
  2. Quando ninguém me ouve, eu respiro fundo. Eu me calo.
    Eu procuro meu grito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, eu a admiro muito e a ouço também,
      não consigo mais me calar
      é aqui que venho gritar,
      para não me sufocar,
      diante da ignobilidade
      de algumas pessoas.
      Agradeço seu carinho
      abraços afetuosos
      Maria Teresa

      Excluir
  3. Lindo poema, as vezes temos que dar um basta em coisas que não nos faz bem.
    Bjos tenha uma ótima semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Anajá, agradeço seu carinho,
      abraços afetuosos
      Maria Teresa

      Excluir
  4. As pessoas teimam em querer brincar com a sensibilidade dos outros. Se a estrada que caminhas é a correta, o resto que se dane. Lindo poema Teresa.

    Muito obrigado pela visita e o gentil comentário deixado no nosso Literatura & Companhia Ilimitada. Espero que voltes sempre.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Furtado, quando conhecem nossa fraqueza, insistem em machucar-nos, mas meu coração está blindado e meus pés firmes na estrada.
      Agradeço seu carinho, indo ao Literatura & Companhia Ilimitada, me abastecer do conhecimento, abraços afetuosos
      Maria Teresa

      Excluir
  5. Maria Teresa,
    Que lindo poema! Mas, tao triste...
    Com muito sofrimento, mas tbm repleto do seu amor!
    Obrigada pelas suas palavras tao carinhosas la no blog! Fique com Deus! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém... Lucia que renovada! Seu blog está tão lindo e cheio de vida, amei.
      Agradeço seu carinho, que Deus lhe abençoe, abraços afetuosos
      Maria Teresa

      Excluir