Com amor, todo sonho é possível

Curso do bem!


Ocaso em 24/10/2015

"Sustenta-me na solidão;
resgata-me de todo mal.
Mostre-me o caminho redentor.
Abraçarei a cruz,
renascerei em teu amor." 
(Fábio Augusto, "Em busca da cura")
Livro: "Da dor nasce o amor."
Hoje é domingo, pé de cachimbo.
O cachimbo é de ouro, bate no touro.
O touro é valente, bate na gente.
A gente é fraca, cai no buraco.
O buraco é fundo, acabou-se o mundo.
Não acabou para mim, embora tivessem me tirado tudo,
que pudesse me levantar, para sair do buraco,
restou a fé...
E, foi essa fé, que me fez acreditar que Deus,
poderia solucionar,
o que eu já não via saída.
Difamada e desqualificada na cidade,
com dores insuportáveis,
físicas e emocionais,
precisei abdicar do trabalho voluntário,
que me mantinha viva.
Porém,
 Deus,
com sua Infinita Misericórdia,
me permitiu conhecer e 
me inscrever,
no curso,
que mudou o rumo de minha história.


Sempre agradecendo,
vou mostrar o que estou aprendendo,
no Curso Fundamentos do Patchwork,
com Ana Cosentino !

Mesmo com o PC
desconfigurado,
ia à Lan House,
para assistir e imprimir as aulas.

Não desisti,
quando tentei fotografar,
logo no início e
não consegui postar;
nem mesmo,
quando não tinha o "neutro"
para trabalhar,
porque num grupo,
com uma Mestra especial,
todos se unem,
 para te animar e motivar
a continuar.

Aprendi coisas básicas,
que não conhecia,
até olhar um desenho e
conseguir montar um bloco,
calculando as células,
imaginem só,
que ousadia!


A Mestra  Ana Cosentino
nos desvenda os mistérios,
da maravilhosa arte de
costurar retalhos com desenvoltura,
nos incentiva a nos superar,
a driblar a nossa ignorância sobre o assunto,
tratando-nos com muita ternura,
sempre sorrindo e espalhando amor
por onde passa,
unindo pedacinhos de sonhos,
formando lindas peças e
nos possibilitando
criar um novo futuro!

Um trabalho que exige 
precisão e muita atenção, 
afasta para bem longe,
a depressão e
a companhia do "alemão"!

Aqui o avesso:

À nossa Mestra Ana Cosentino 
nosso carinho e muito obrigada,
pelo grupo maravilhoso que criou,
à sua mãe Joana Cosentino, 
exemplo de garra e determinação,
à equipe de trabalho, que a assessora e
 às meninas e meninos do grupo,
que muito nos incentivaram
o nosso muito obrigada,
que todos sejam sempre abençoados!
Maria Teresa
 
Abraços carinhosos

11 comentários:

  1. OI MARIA TERESA!
    LI TEU POST E PERCEBI QUE TENS PASSADO POR MOMENTOS NÃO MUITO BONS, MAS QUE JÁ ESTÁS EM FASE DE RECUPERAÇÃO, ASSIM ENTENDI.
    MESMO ASSIM, ESCREVES COM OTIMISMO E MOSTRAS PELOS ESCRITOS, NOS QUAIS TE INSPIRAS EM CANTIGAS INFANTIS QUE ESTÁS BEM E TE SUPERANDO, O QUE É MUITO BOM.
    TE DESEJO TUDO DE MELHOR.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graças a Deus, Zilani, estou me superando, apesar de perder tudo, continuo viva.
      E, é por isso que continuo em campanha, para mostrar os estragos que um predador pode fazer em nossa vida, que não podemos ceder por medo, porque quanto mais permitimos que permaneça, mais difícil vai ficando para nós, sair dessa prisão.
      Um predador não admite que você viva depois dele, sugará todas a tuas chances de sobrevivência, tanto sociais, financeiras, morais, físicas e psicológicas. Se a pessoa não tiver fé e apoio terapêutico, jamais se levantará.
      É preciso reconhecer, que o predador é astuto, que não podemos mudar seu comportamento e sozinhas não conseguimos reverter essa situação.
      É necessário mostrar às mulheres que precisam dar um basta, enquanto é tempo, do contrário serão hostilizadas, apontadas e marcadas como "sem vergonha", desqualificada, a única culpada pelo erro da escolha, o outro é sempre o "bonzinho" da história.
      Também não adianta campanha, se as autoridades não têm capacidade de lidar com as vítimas e nos tratam como bandidas. Quando acobertam e protegem os agressores, empoderando-os mais ainda, escondendo BO's, encenando e simulando atividades do Poder Judiciário, para brinda-los com a impunidade.
      Agradeço Zilani, que seja sempre abençoada, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  2. A fé é o alimento que sustenta a nossa vontade.
    O patchwork é um trabalho lindo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Que bem que faz a alma aprender algo novo não é mesmo amada? Parabens pelo post e pelo trabalho, e que venham muitos dias abençoados pra ti beijokas!

    ResponderExcluir
  4. Oi Maria Teresa,
    Estou aprendendo a costurar e quero muito aprender parchwork também. Seu trabalho está lindo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Sou fã da Ana e volta e meia assisto aos vídeos dela na Internet. Você também precisa conhecer a Tia Lili, da Pano Xadrez. Ela é ótima!

    https://www.pinterest.com/panoxadrez/meus-v%C3%ADdeos-tia-lili/

    Boa semana!
    Beijinho
    Ju

    ResponderExcluir
  6. A gente sempre acha um caminho.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida amiga!

    Continue, pke a vitória final será sua.
    Como sempre palavras mto construtivas e k nos envolvem.

    Não consegui aceder à página de Mestra Ana Consentino, mas pelo que me é dado ver nessa sua postagem, há trabalhos fantásticos, e para além disso, você é mto habilidosa e gosta de aprender mais e mais.

    Boa semana!

    Beijos, minha linda Teresinha!

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, bom dia!!!
    A vitória sempre chega pra quem não desiste de lutar e continua nos caminhos do Mestre. Muitas vezes, parece que vamos sucumbir, mas ao olharmos pra cima, aquelas mãos estão estendidas só nos aguardando...
    Que Deus continue te abençoando e que seu trabalho renda frutos maravilhosos.
    Abraços esmagadores.

    ResponderExcluir
  9. Perdoem, não sei o que está acontecendo, já respondi aos comentários por 3 vezes, quando volto para confirmar, eles desapareceram.
    Vou dar mais um tempo, tentar saber o que está acontecendo e responder aos comentários.
    Obrigada
    Maria Teresa

    ResponderExcluir