Com amor, todo sonho é possível

Ano Novo, Vida Nova!



O que eu quero para este Novo Ano,
está contido no poema,
 tão lindo,
da escritora e poetiza
Vânia de Farias,
a quem pedi licença e
ela, gentilmente,
me permitiu,
para oferecer a você,
minha amiga,
meu amigo:
"Quero amor, quero paz, quero alegria
quero música, quero arte e poesia
que o mundo cante sempre a melodia
da verdade, da justiça e da beleza
da harmonia, sem a mancha da esperteza
que todos nós, nesta vida
já sonhamos n`algum dia!"

Dentro de mim mora um mundo
 
ANO NOVO
Vânia de Farias
Quero um ano novo, bem novinho
saído das fraldas, com cheiro de lavanda
quero a Lia, pra poder dançar ciranda
quero a Ilha de Itamaracá...
Também quero o boi bumbá e seu reizado
quero a folia, pros moleques rirem a toa
pretendo viajar por esse mundo
encontrar amigos, conhecer outras pessoas
Quero um ano novo de verdade
sem as mentiras do ano que envelheceu
será verdade que os velhos pecam mais?
Acredito, foi assim que aconteceu:
foram tantas mentiras, falsidades
tanta ganância e enganação
quero um destino melhor pra esta nação
quero homens de bem, com qualidade
homens que versem sempre na lisura
que imitem os heróis de antigamente
quero jovem plantando a semente
de um novo ano a florescer
com igualdade, sem policial matando
como qualquer bandido pelas ruas
com fardamento, e com armas do estado
legalizando o crime e a tortura.
Quero juízes, justos de verdade
comprometidos com a Justiça que esposaram
não apenas com salários e regalias
com palanques para egos sanguinários
Quero pais, que zelem por seus filhos
com amor, com atenção e compromisso
que os mesmos não se comportem como bichos
a soltarem seus filhinhos, sem cuidados.
Também quero essas crianças nas escolas
e nos parques, pois brincar é necessário
nos museus, para entenderem a história
em que viveram seus antepassados...
Quero ainda esse moleques a pintarem
com as mais belas cores que puderem
nossa pátria, tão grande e majestosa
realçando o ouro do amarelo:
símbolo de nossa grande riqueza
que os gigantes olham com sofreguidão
para então, tomarem de assalto
ou comprarem a covardes vendilhões
grandes mágicos, do engano e esperteza.
Quero amor, quero paz, quero alegria
quero música, quero arte e poesia
que o mundo cante sempre a melodia
da verdade, da justiça e da beleza
da harmonia, sem a mancha da esperteza
que todos nós, nesta vida
já sonhamos n`algum dia!
Vânia de Farias.
Em 26 de dezembro de 2015.

Abraços carinhosos 

5 comentários:

  1. Olá, doce e talentosa Teresinha!

    Ano Novo, Vida Nova esse é o propósito de Deus para todos Seus filhos.

    Aqui, 2016 já chegou e aí estará quase chegando.

    Li as suas decisões, k acho importantes e determinadas. Há que mudar o que não está bem.

    O poema é simplesmente real, muito verdadeiro e lúcido. Seria bom k o Ano Novo terminasse com os "Vendilhões do Templo" e que a justiça se fizesse aplicar. Nós sabemos que pouca coisa mudará, mas falar, pedir, exigir aquilo a k temos direito, o devemos fazer mil vezes, se for preciso. Calar, não adianta, bem pelo contrário.

    Estive lendo suas postagens anteriores, k são UM GRITO, UMA AJUDA E UMA CLARIFICAÇÃO DAS SUAS INTENÇÕES. A sua auto análise está PEFEITA!

    FELIZ ANO NOVO COM AMOR, PAZ, SAÚDE E JUSTIÇA.

    Um carinhos e fraterno beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha amada amiga, CÉU!
      Que o novo ano concretize para todos nós, os sonhos e esperanças de um mundo melhor.
      A Vânia de Farias é uma pessoa espetacular, uma grande poetiza, me encanto com seus escritos tão sensíveis e profundos, uma verdadeira arte em poesia.
      É muito difícil acabar com os "Vendilhões do Templo", existem desde o início da vida e, cada vez mais se aperfeiçoam e se fortalecem, usando até do nome do Senhor, para comercializar "inverdades" justificando, assim, as perversidades que vendem e praticam.
      Sou uma perfeita trouxa, CÉU, em acreditar que possa existir Justiça na "Babilônia", mas quanto mais me calo e permito que tripudiem em cima de minha pessoa, mais indignada fico com a ingratidão, a soberba, a arrogância e o cinismo deles.
      Estou aprendendo a lidar com a falsidade, trato bem a todos e até me divirto com a "cara de pau" das pessoas, mas não me calo, para que o mal não me corroa.
      A transparência deve nortear nossas vidas, já estou marcada para morrer à míngua e abandonada, nada me salvará do meu infortúnio, como bem disse a advogada, que paguei para me defender. Mas, ao invés de me resignar, como ela sugeriu, grito, para que o eco possa salvar outras vidas.
      As mulheres precisam aprender que a "vergonha" mata mais que a coragem de dar um basta e denunciar as agressões desses parasitas sociais.
      As mulheres precisam aprender a se valorizar como seres humanos que são, não permitindo que psicopatas manipuladores, empoderados, as reduzam a nada ou as matem, sendo depois beneficiados com a impunidade.
      Agradeço pelo carinho, feliz 2016, que seja muito abençoada,
      abraços fraternos minha doce e linda CÉU!
      Maria Teresa


      Excluir
  2. Passando para desejar um 2016 cheio de saúde, paz, muitas realizações e sucesso!!!Beijos no coração!!!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, colega Maria Teresa!
    Que em 2016, tenhamos muita paz, saúde e felicidades. Que nossos dias sejam mais belos e felizes de fato, regados a lindas cores e com muitos artesanatos.
    Te desejo um ano novo supimpa.
    Abração pra você! :)

    ResponderExcluir