Com amor, todo sonho é possível

Fazer os outros infelizes...


"Fazer os outros infelizes é a melhor maneira de ser infeliz." 
(anônimo)

Você já se imaginou sorrindo,
feliz,
em um lugar  
onde todos choram e se lamentam?

É impossível, não?

Principalmente se a sua felicidade
trouxe tristeza aos outros.

O bem maior,
a alegria divina
consiste em fazer o outro feliz.

Você não poderá
levar felicidade 
a toda humanidade,
mas aos que te rodeiam,
bem aí,
pertinho de você...
sim!

Não se esqueça nunca disto:
você só será verdadeiramente feliz
se souber conquistar essa felicidade
juntamente com as pessoas que a cercam!

Texto extraído daqui: 100

 

 
 Abraços carinhosos 

3 comentários:

  1. Nunca entenderei a vontade que algumas pessoas em ver os outros mal.

    r: Muito obrigada e igualmente :)
    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  2. Concordo, e lamento que para algumas pessoas, a felicidade signifique tornar infelizes o maior número de pessoas possível.
    Feliz 2016, e obrigada pela interação.

    ResponderExcluir
  3. PAZ E LUZ EM SUA VIDA, DOCE AMIGA!

    Me delicio com os textos dentro dos retângulos ou quadrados, devidamente emoldurados e engalanados.
    No primeiro, aqui, te digo k eu há mto que deixei de me importar com o que pensam de mim ou de minhas opiniões, aliás, sempre fui muito eu mesma, até no amor, te confesso. Jamais, até hoje, nenhum homem OUSOU falar mais alto que eu ou me rebaixou. Não, eu sou uma senhora, uma mulher com formação a todos os níveis, e portanto, cada um em seu lugar.
    Sou filha única e nem meus pais nunca me falaram, asperamente. Eu não mereci, sei bem disso, pke sempre fui correta e serena com eles e com quem me rodeava.

    Nossa função na terra não é espalhar a infelicidade, é tentar fazer os outros felizes, com pequeninos gestos. Se eles não aceitarem, então, aí o problema já passa para o lado de lá.

    Prefiro inimigos a falsos amigos. Sou muito direta, mas com correção. Pessoas entram e saem da minha vida, sobretudo as que saem, sem eu saber a razão, mas não pense, Teresinha, que perco meu tempo e massa cinzenta pensando nisso. Saem duas, entram quatro. Minha autoestima é de ferro, penso, por vezes.

    Há novo post lá no blog. Aguardo você, como sempre, e desde já mto obrigada.

    Boa semana.

    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir