Com amor, todo sonho é possível

Surpresas!!!



Boa tarde, tudo bem?
Tenho agradecido muito a Deus
por me permitir passar
 por momentos extremamente difíceis,
com muita serenidade.

Os ventos fortes
têm provocado a interrupção
do fornecimento de energia e
cheguei a ficar 4 dias sem luz,
perdendo todos os alimentos
que estavam na geladeira e no congelador.

Estão sendo constantes e
cada vez mais intensos,
o mais recente, 
foi nesta sexta feira,
ficamos sem energia e
só foi ligada hoje à tarde.

Além disso,
no hall,
quebrou uma telha de vidro e
pela fenda aberta,
formava uma cascata,
que enchia,
em poucos minutos,
3 bacias e 3 baldes.

Comprei a telha de vidro e
pedi a várias pessoas para trocar,
mas todos se esquivavam.

Não bastasse isso,
as folhas entupiram a saída da água e
na semana que passou,
a minha casa foi inundada
por cima e por baixo.

Não bastasse isso,
estou novamente sem água!

Na sexta feira,
na companhia da minha amiga,
demos um giro no quintal,
colhemos manga,
para fazer doce e
a Tiana cortou uma árvore,
que está entortando meu abacateiro,
carregadinho de abacates.

No ano passado,
roubaram todos os frutos da árvore,
não colhi um abacate sequer...

Subimos,
estávamos conversando,
quando o celular tocou,
era minha neta Rebeca:
-"Vó, estamos chegando."
-"Coloco mais água no feijão?" Perguntei.
-"Nós já almoçamos, vó."

Fui fazer um bolinho.

Davi e Rebeca chegaram,
meu coração se alegrou ao vê-los tão lindos.

-"Viemos para resolver os problemas na sua casa."

Quanta vergonha, só dou trabalho para meus meninos.

Meu filho marcou com 1 poceiro,
para resolver o problema da água.

Logo em seguida,
chegou o gás,
ao trocar o botijão,
com a pressão estourou uma boca...
conclusão:
já não tenho mais forno.

Mas o que fazer?

Nada!

Vamos em frente!

Davi já trocou a telha,
limpou o vidro e
lacrou a cachoeira.

Rebeca (16 anos),
não deixou por menos,
abriu a caixa e
limpou toda a sujeira,
desentupindo o encanamento.

Não acreditava no que via,
uma menina tão linda e 
tão simples.

Sou imensamente grata ao meu filho,
minha nora,
ao Davi e à Rebeca 
pelo carinho e 
por me ajudarem a resolver 
os problemas que enfrento.

Queria postar,
mas como estou sem celular,
não posso registrar nada.

Tenho trabalhado muito 
com minhas costurinhas, 
mas, sem energia e sem as fotos,
não poderei concluir o curso,
tudo bem,
o mais importante
é que estou atravessando e
superando
todos os obstáculos do caminho.

Obrigada,
Senhor,
por me permitir viver!
Abençoa a todos!
Amém!

4 comentários:

  1. Nossa, Maria Teresa! Quantas coisas aconteceram! Espero que não fate mais luz e nem água.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus te ouça Betty!
      Agradeço, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  2. Glória a Deus por Ele sempre estar conosco quando precisamos. É o que sempre digo: "quando fazemos o bem, o bem retorna para nós, pois lá de cima, Aquele que cuida dos seus, não os desampara nunca!".
    Que Deus te abençoe e a toda sua família também!
    Se eu não passar por aqui novamente, desejo Boas Festas e muitas bênçãos em sua vida e a de todos que puder tocar.
    Abraços esmagadores.

    ResponderExcluir
  3. MINHA VALENTE E AMADA AMIGA!

    Li seu post, um tanto emocionada, mas eu não sou de chorar. Sou de ajudar, em tudo o que me for possível.

    Apesar de tudo isso, sua casa está de pé e agora tem a ajuda de seu filho, nora e netos. DEUS SABE O QUE VOCÊ MERECE!

    Beijos e já que o equilíbrio chegou, vamos manter ele. ASSIM SEJA!

    Adoro sua forma de ser e encarar as coisas menos boas.

    Beijos e mais beijods, querida amiga!

    ResponderExcluir