Com amor, todo sonho é possível

Eu me calei!


Página "Grupo de Apoio à Mulher" - Facebook

Não Julgueis, para que não sejais julgados.
Porque com o juízo com que me julgardes sereis julgados, e 
com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós,
E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e
não vês a trave que está no teu olho?
Ou como dirás a teu irmão:
Deixa-me tirar o argueiro do teu olho; estando uma trave no teu?
Hipócrita, tira primeiro a trava do teu olho, e 
então cuidarás em tirar o argueiro do teu irmão.
Não deis aos cães as coisas santas,
nem deiteis aos porcos as vossas pérolas;
para que não as pisem com os pés, e,
voltando-se, vos despedacem.
Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis;
batei, e abrir-se-vos-á.
(Mateus 7:1-8) 

Eu me calei,
por vergonha;
eu me calei,
por ter sido muito seletiva,
por ter recusado ofertas,
de homens casados,
que me ofereciam o mundo,
alegando que a mulher deles era louca,
coitadinhos,
precisavam de uma pessoa igual a mim;
eu me calei,
porque a ilusão me induziu a erros,
que me consumiram;
eu me calei,
por ter permitido que uma pessoa,
sem caráter, se apossasse de mim;
eu me calei,
porque me permiti ser sequestrada de mim,
pelas ameaças que me apavoraram;
eu me calei,
porque ninguém quis me ouvir,
eu me calei,
para defender a minha família!

Eu só denunciei,
quando percebi,
que todos os meus filhos
haviam sido comprados
por um predador,
mal intencionado!

Eu só entendi que eu
não pertenço ao mal,
mas sim, a Deus,
no dia em que me batizei e
aceitei a Jesus, como meu Pastor!

Eu só me libertei,
no dia que Deus me deu força
para gritar:
"Sai daqui, satanás!"

Hoje, luto e me desnudo,
porque ainda estou ameaçada de morte e,
para que outras mulheres
que estão na mesma situação,
tenham a coragem de enfrentar o monstro
que as mantém em cativeiro!

Portanto,
não te deixes iludir por quimeras,
não te deixes levar por promessas
de mudanças,
porque,
elas nunca ocorrerão!

Se estás vivendo de aparências,
se estás sendo humilhada e agredida
física,
psicológica,
social ou
financeiramente,
denuncie!
Não te cales!
Maria Teresa


Página "Grupo de Apoio à Mulher" - Facebook

"Para encerrar, reflita sobre este texto da Keila Sacavem
Só por hoje, tente entender que a tua felicidade não depende dele, depende exclusivamente das tuas atitudes, das tuas escolhas e das tuas prioridades. Pare de aborrecer os teus valores, pare de desvalorizar tuas novas chances de vida, pare de atormentar a tua autoestima, por favor! Pare de esperar ou buscar por alguém que não representa mais felicidade na tua vida.
Sem tantos argumentos, quero te dizer apenas mais uma coisa: esse que tu se engana chamando de amor é o teu maior inimigo, digo, é um tipo de inimigo que te agride com atitudes, que te bate com indiferença, que te desvaloriza com prioridades covardes, que te faz sentir pequena, que humilha tuas virtudes, que alimenta o ego dele com o teu sofrimento e que usa teus pontos fracos para te manter refém dele a hora que ele quiser.
Entenda uma coisa, enquanto tu insistires nessa ilusão de que ele é o teu "bem" mais precioso, teu sofrimento vai continuar camuflando ainda mais a oportunidade de mudar de fase.
Criatura de Deus, não perca mais vida por causa de alguém que só existe através da ilusão. Existe um mundo cheio de novidades lá fora, cheio de pessoas legais, que com certeza buscam uma pessoa assim como tu.
Deixa a felicidade te encontrar e prova para ti mesma que nunca é tarde para recomeçar.
Anda!
Vai te encontrar com o teu amor, o teu próprio!"
Keila Sacavem
Página "Grupo de Apoio à Mulher" - Facebook

Abraços carinhosos

6 comentários:

  1. Olá Teresa! A autovalorização ainda é uma das nossas maiores virtudes. Tenha FÉ em DEUS que o correto virá.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que assim seja, Furtado!
      Agradeço seu carinho, Deus te abençoe,
      abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  2. Maria Teresa, estou emocionada com a força deste seu post.
    Tantas e tantas mulheres a sofrerem este flagelo, haja quem as apoie e os denuncie.
    Um beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão, como eu, existem muitas outras mulheres, que foram caladas, porque predadores, se utilizam desse expediente de acusá-las de loucas, em delírio.
      As mulheres estão sendo julgadas como, juridicamente, incapazes, assim os agressores saem incólumes dos crimes praticados contra elas.
      As mulheres precisam aprender a denunciar, a ir buscar ajuda psicológica, para poder atestar que são "normais".
      Necessário se faz, que coloquem pessoas capacitadas, no atendimento a mulheres que sofrem violências domésticas, antes que sejam mortas e os transgressores transitem, descaradamente, pela cidade, ameaçando-lhe e tirando-lhe a vida. É necessário que se faça Justiça e não se coloque vendas nos olhos, como se nada estivesse acontecendo!
      Clamo a Deus por Justiça para as mulheres que estão sofrendo nas mãos de criminosos!
      Que Deus te abençoe, Fê!
      Abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  3. Olá, minha linda e lúcida amiga!

    Denunciar é a ação perfeita, é só aquilo que qualquer mulher tem de fazer.
    Há tantas formas de agressão, mas é preciso saber k todas elas visam destruir a mulher, de corpo e alma.

    O texto de Keila Sacavém é como um "empurrão" nas consciências adormecidas. Já é tempo de "acordar", lançar amarras e partir.

    Beijos e abraços sinceros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim CÉU, denunciar é o mais correto a fazer, mas existe ainda tanto preconceito nos órgãos públicos, que as mulheres não se sentem seguras para denunciar! Infelizmente essa é a nossa realidade!
      Gratidão, CÉU, tenha um excelente final de semana!
      Abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir