Com amor, todo sonho é possível

Será que merecemos?

Bom dia!
Espero que você esteja bem!
Porque eu, Graças a Deus, estou bem, embora consternada com a notícia que li!
Como todos já devem ter percebido, acompanho a página do Dr. André Mansur, a quem admiro e respeito muito.
Costumo aproveitar, em minhas postagens, muitas frases e pensamentos compartilhados em sua página, esta matéria, em especial, tomei a liberdade de publicá-la, porque me chocou:
André Mansur
9 h ·
ENSAIOS SOBRE O FIM DO MUNDO!
“Por mais feio, velho e pobre que seja um homem, ele ainda é superior a uma mulher pois pode quebrar o pescoço da vadia a hora que ele quiser”.
Esta frase faz sentido para você, do sexo masculino, que está lendo esta crônica? Lamento informar, mas se fizer, procure ajuda profissional urgentemente, pois você é DOENTE!
... Ver mais


COMO ESTUPRAR MULHERES EM FESTAS E BALADAS!
andremansur.com.br

A que ponto chegamos, será que estamos involuindo como seres humanos?
Ou será que as mulheres são tão inferiores, na cabeça desses vermes, que não merecem o respeito da família e da sociedade? Será que têm irmã, mãe, avó ou mesmo filha?
Um "animal superior" a mim, tentou quebrar meu pescoço!
Um "animal superior" a mim, me torturou por anos!
Um "animal superior" a mim, me estuprou!
Um "animal superior" me sequestrou de mim!
E, mesmo fazendo BO e passando pelo IML, ninguém se importou com o que me fizeram, eu precisei enxugar as minhas lágrimas, curar minhas feridas, que sangravam e doíam sem parar, pela agressão, a vergonha e o descaso sofrido.
Não houve uma pessoa que fosse, que me desse a mão e amainasse a minha dor, o que fizeram foi empoderar o predador com o benefício da impunidade e , ainda ser obrigada a ouvir: "Vou sumir com teu corpo, que ninguém vai achar o rastro" e "Vou quebrar a tua cara, para fazer valer a "Maria da Penha".
Quanta hipocrisia!
Quanto preconceito!
Onde estão nossos direitos?
Como permitem circular pela internet, um manual ensinando como estuprar mulheres em festas e baladas?
Em que mundo estamos, podem me dizer?
Será que ninguém pensa nas consequências psíquicas, mentais e físicas das agressões sofridas pelas mulheres?
Será que não há um ser humano decente, capaz de aquilatar e ponderar o pavor e a destruição que esses cafajestes provocam nas mulheres? 
Se a mim, que sou idosa, com traumas da infância, me imobilizaram e causaram tantos estragos, o que pensar das moças criadas com tanto esmero pela família, frágeis, dóceis e cheias de esperança pela vida que as espera, qual será a consequência desse crime hediondo, que muitas vezes acaba em morte?
Apenas Deus, com sua infinita misericórdia, me segurou e me resgatou  no momento crucial de minha vida!
E, amparada pela força que recebo do Senhor, clamo por Justiça e faço um alerta a todas as mulheres, não se calem, denunciem os agressores, não tenham vergonha de se expor, ficar calada por vergonha, pode te matar! Pense nisso! Denuncie!
Para esses animais, a mulher é a única culpada do mal que nos fazem...
Eles são os cordeirinhos dos contos de fadas!
Será que merecemos???
Abraços carinhosos

13 comentários:

  1. Tudo isso é muito triste, e triste também os filmes e livros que mostram os cinquenta tons de idiotice das pessoas, onde mulheres que levaram tanto tempo para se liberarem, assitem e aplaudem, enquanto uma personagem concede ser submetida á tortura para dar prazer a um homem e ainda diz "Sim senhor."

    Garotas adoram ser chamadas de cachorras em bailes funk. Aparecem em trajes menores ou completamente nuas, vendendo a si mesmas como carne no açougue a fim de agradarem aos homens, e acham que por isso são liberadas ou liberais.

    Elas também precisam de tratamento.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoas que agem assim e aceitam esse tipo de assédio, não precisam de tratamento, são pervertidas, não é doença!
      Se a pessoa aceita é uma coisa, mas quando não aceita e é violentada, é muito diferente.
      Já li muita coisa em minha vida, mas sinceramente, os cinquenta tons, não me chamaram atenção, apesar de amplamente divulgado, não quero nem ler!
      Com a divulgação do manual, todo e qualquer "zé mané" se achando um "poderoso", vai fazer com a namorada, com a companheira e até com uma estranha.
      A minha preocupação é justamente com quem não quer, nem todas as jovens são funqueiras, boa parte delas é forçada e depois por vergonha, se cala. O manual é dirigido para bailes, não li, mas os predadores vão se utilizar dos ensinamentos em qualquer lugar, portanto, toda a sociedade está correndo risco.
      As agressões mais violentas são com mulheres que têm companheiro fixo ou são casadas e querem se divorciar e são covardemente estupradas pelo companheiro, que não aceita o divórcio.
      Ana, não concordo com qualquer tipo de incentivo à tortura e morte do ser humano; não concordo com o preconceito descabido com que esses marginais tratam as mulheres, (se não me engano, eles falam de mulheres de um determinado estado); não concordo com a baixeza a que chegam, difamando, desmoralizando, mentindo e levantando falso testemunho para justificar as patifarias praticadas; não concordo quando as autoridades fazem pouco caso das pessoas que procuram ajuda, nivelando todas as mulheres como sendo "sem vergonha".
      Eu não gosto de apanhar, eu não gosto de ser maltratada, eu não gosto de ser torturada, eu não merecia ser estuprada, deixei bem claro, quando me casei e, se eu não gosto e acredito que não mereço, penso que muitas outras mulheres também não gostem, também não mereçam ser estupradas e mortas por patifes como esses.
      Quem aceita as regras do jogo, não pode reclamar das faltas.
      Agradeço, Ana, tenha uma excele4nte semana, abraços carinhosos
      Maria Teresa


      Excluir
    2. Excelente comentário! O carnaval vem aí e vamos assistir mais e mais cenas de nudez feminina.
      Quanta depreciação!

      Excluir
  2. Olá Teresa! É lamentável que tais atrocidades fiquem impunes. Necessário se faz, urgentemente, que a lei seja cumprida e esses criminosos paguem com a cadeia. Há casos em que a mulher é agredida, mas não presta queixa com receio de uma nova agressão, o que acontece mesmo a queixa não sendo prestada.

    Obrigado pela visita e amável comentário deixado no nosso humilde espaço, bem como pela compreensão, quando da nossa ausência para um pequeno descanso.

    Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que saudade de você, amigo Furtado!
      Sim, precisamos conscientizar as mulheres para que denunciem as violências praticadas contra elas, quem agride uma vez e a mulher se cala, já se acha dono da situação e fará de novo.
      Mas, também, é preciso que que a Justiça cumpra o seu papel, se existe Lei para esse crime, por que os homens não estão sendo penalizados?
      É a impunidade que está incentivando os predadores a continuarem praticando essas atrocidades contra as mulheres!
      No momento em que a Lei for efetivamente cumprida, esses babacas pensarão duas vezes, antes de agredir uma mulher.
      Gosto muito do seu espaço e de você, bom retorno e obrigada pela visita e comentário.
      Deus o abençoe com uma linda semana, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  3. Minha linda, Teresinha!

    Sei k você está bem, LIVRE DOS CARNICEIROS e feliz.
    Fico pasmada com tais notícias!
    Será k a mulher, algumas, graças a Deus que não há seres superiores nem inferiores a outros. Cada um tem seu estilo, características e nenhum deles deve maltratar e impor, seja o k for ao outro.

    Há blogs por aí com mulher k se diz submissa e que tem um dono. Você sabe disso, querida? Bem, a escravatura já terminou há séculos embora a gente saiba que pode haver um foco aqui ou ali, mas DONO? Creio k essas mulheres, k, por vezes já têm meio século, caíram numa armadilha, talvez por precisarem de dinheiro e como vão lhes dando aquilo de k necessitam, eu acho k elas são obrigadas a ter blogs, espaços de divulgação, onde dizem ser mto felizes por terem um DONO. Animal é que tem dono!

    QUE MARIA, NOSSA MÃE E DEUS MUDEM, DE VEZ, ESSE MUNDO!

    Boa semana.

    Beijos de ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha doce e linda amiga CÉU!
      Sempre pensei no amor como algo sublime, onde deveria existir muito respeito, confiança e cumplicidade! Sempre fui muito franca com meus parceiros e em razão de tudo que presenciei na minha infância, no início eu falava o que não aceitaria: quer - tudo bem, não quer - adeus.
      Não sei como bobeei tanto com o 3º, talvez por conta dos filhos, o medo de ser morta, ou por ter adoecido. Sinceramente, não sei, porque eu já não confiava, por conta de ter me abandonado quando nasceu o filho. A insistência dele me atormentava.
      Graças a Deus estou liberta desse tormento!
      Nosso Senhor Jesus Cristo me libertou do cativeiro!
      Meu único dono é Deus, Ele é dono da minha vida, Ele me protege, Ele me mantém de pé, Ele me sustenta.
      Deus seja eternamente louvado!
      Obrigada CÉU, tenha uma feliz e abençoada semana!
      Abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  4. Qto à sua questão k faz t´titulo, é mais que evidente que NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOO
    MERECEMOS. Temos defeitos e virtudes, tal como os homens.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É evidente CÉU, que não merecemos!
      Nenhuma mulher merece ser maltratada e torturada!
      Abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  5. Não li e nem interessei pelos "tons". Também não li o "manual". Tudo isto é horripilante e deve ser denunciado aos quatro cantos da terra.
    Que Deus possa livrar a mi e minha filha, amigas, parentes... Acho que não suportaria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisamos estar alertas e acabar com todo tipo de agressão e discriminação, não é possível, que mesmo com a "Lei Maria da Penha" (10 anos), que é tão abrangente em relação aos crimes praticados contra as mulheres, os agressores ainda gozem de impunidade e as pessoas que fazem apologia ao crime de estupro, ainda não foram condenadas.
      Peço a Deus, que alguma pessoa de bem, possa nos apoiar e ajudar a reverter o quadro de violência, abandono e descaso, que as mulheres de nosso país estão enfrentando.
      Que Deus nos abençoe e proteja, porque já virou calamidade pública!
      Obrigada, Marilene, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  6. Oh meu deus. Anda um manual assim a circular na internet? Como é possível?
    Profundamente abalada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Ruthia!
      Tem um manual que discrimina as mulheres, estimula e ensina como estuprar uma mulher.
      Se nós já sofríamos agressões e violências, sem haver qualquer repressão ao agressor, por parte das autoridades, com um manual, vai virar moda no país.
      Todas as mulheres estão correndo risco, uma vez que já é hábito estuprar e matar a mulher, quando ela pede divórcio, ninguém nos protege e os agressores circulam como coronéis empoderados.
      Com o manual, os predadores vão achar que é um fetiche sexual!
      Se as mulheres se calam, estão concordando com o crime, é preciso perder a vergonha, antes que a vergonha nos mate!
      Essa é a razão de estarmos em campanha, para alertar as mulheres que denunciem as ameaças e agressões sofridas.
      Não sei a quem recorrer, deve existir algum órgão internacional que possa intervir, se está na internet, qualquer um tem acesso, o mundo, as mulheres, estão correndo risco!
      Parece mesmo coisa de fim de mundo!
      Obrigada Ruthia, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir