Com amor, todo sonho é possível

Educar filhos!

Ocaso em 08/07/2016 - às 17:14 horas.

Educar filhos!


Escravo da Liberdade
Eu concordo quando dizem que temos que educar nossos filhos homens para saberem respeitar, para compreenderem que a violência é um ato não só de covardia, mas um ato cruel, pois deixa muitas lembranças terríveis dos momentos insanos de violência. O que mais deixa triste é ver isso acontecer diariamente, na frente dos filhos, na maldade pura e devastadora. O homem que agride uma mulher precisa de punição severa, para que esse, nem que seja por medo da prisão ou medo de ser hostilizado na rua, nunca mais seja tão sórdido e covarde. As leis deveriam ser muito mais rigorosas na questão da violência doméstica, talvez rigorosas ao extremo, para sanar esse mal que insiste em corromper homens que poderiam ser exemplos de conduta, mas que preferiram se esconder atrás de uma alma medíocre....💚🍀🍃
Mauro Sérgio

"Um dos maiores prazeres da Vida
é fazer o que os outros dizem que você não é capaz."
(Ana Maria Braga 29/04/2016)

 

Ocaso em 08/07/2016 - às 17:40 horas.

Viver é assim,
se não tiver talento,
esforce-se!
Maria Teresa


Escravo da Liberdade

  Ocaso em 08/07/2016 às 17:50 horas.


Agradeço pela minha Vida, que o Senhor resgatou e restaurou!



Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!

Abraços carinhosos

2 comentários:

  1. Boa noite querida Maria Teresa.
    Que maravilha Deus restaurou a sua vida e hoje você liga por algo nobre. Fim da violência doméstica. Meus parabéns pela sua coragem, determinação e força. Que Deus sempre a proteja. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém!
      Boa tarde, Mirtes, gratidão!
      Sou imensamente grata a Deus pelo livramento que operou em mim e,
      depois de passar quase 40 anos nas mãos de um predador muito astuto, não posso simplesmente cruzar os braços, sabendo que muitas outras mulheres estão morrendo nas mãos de machões covardes.
      Não sou nada, Mirtes, a coragem, a determinação e a força, vêm de Deus que não nos desampara, em nossa fragilidade, quando Nele confiamos.
      Felizes dias, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir