Com amor, todo sonho é possível

Nunca desista de lutar!



"Devemos aceitar nossas fraquezas e
nunca desistir de lutar."
(A. Lincoln)
Algumas pessoas preferem se agarrar
às suas fraquezas em vez de superá-las,
porque é mais fácil desistir do que batalhar
para alcançar um objetivo.

Seja exigente com você mesma.
não deixe que as barreiras 
que a vida lhe impõe façam 
com que você desista de lutar.

 Supere suas fraquezas.

Acorda,
menina, 
pois a vida é uma constante luta!

Texto extraído daqui: 268

Jamais desista de ti, se acreditar e perseverar,
 logo perceberá que a Vida está do teu lado.
Sim, a Vida é muito mais que um passado,
o passado já passou, basta olhar à tua volta!

O presente é maravilhoso...
Cada olhar, cada sorriso, cada atenção,
cada abraço e cumprimento, 
são afetos que enchem de alegria teu coração...

É poder fazer compras e pessoas corteses,
te abrirão portas, carregarão teus pacotes,
até o motorista te espera,
para que subas com segurança e feliz...

Te farão afagos e gentilezas, só pelo prazer de te ver...
Aproveite, saber receber e agradecer,
é exercer o melhor dos dons que recebestes:
o AMOR!
Maria Teresa

"Um dos maiores prazeres da Vida
é fazer o que os outros dizem que você não é capaz."
(Ana Maria Braga 29/04/2016)

“Às vezes, estamos desiludidos, desanimados,
 mas de repente, como em um passo de mágica: 
Clique! 
O coração dá um sobressalto e 
é invadido por novos sentimentos, novas emoções.
Então, surge a esperança...
Que fique apenas aquilo que nos faz bem!!”
(Edna Andrade) <3

Viver é assim,
se não tiver talento,
esforce-se!
Maria Teresa

Agradeço pela minha Vida, que o Senhor resgatou e restaurou!

Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!

Abraços carinhosos

6 comentários:

  1. OI MARIA TERESA!
    TENS MUITA GRATIDÃO NO CORAÇÃO E ISSO TE LEVARÁ SEMPRE, A CAMINHOS, SEM PEDRAS MAS, SIM, COM MUITAS FLORES.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Zilani, gratidão!
      Só tenho a agradecer, a gentileza das pessoas me comove!
      A ternura adoça nossos dias e alivia os nossos fardos...
      Que assim sejam os caminhos de todos nós, leves e floridos!
      Tenha um excelente final de semana Zilani, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  2. Oi, Teresinha, querida!

    Tudo bem com a graça de Deus? Assim seja!

    Estive lendo as postagens anteriores e k não comentei, mas k irei comentar, depois, pke todas são uma maravilha. Aquela da bosta, o poema escrito pela Mônica está demais e é toda verdade.

    LUTAR E AMAR É A "ARMA" PODEROSA, O CAMINHO CERTEIRO!

    HOJE, mto gostaria k visitasse, e se lhe fosse possível, meu blog. Pode pegar qtas você quiser. Gratidão (já estou aprendendo com você)!

    Beijos e bom final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, minha doce e linda CÉU, gratidão!
      Tudo na santa paz de Deus e, com você, tudo em paz?
      Sabe minha amiga, têm 3 coisas que não gosto, é falar sobre política, tripudiar sobre as pessoas e falar palavrão.
      Mas têm momentos em nossa vida, que precisamos passar por cima de tudo e extrapolar alguns princípios.
      O poema da Mônica é uma forma de chamar a atenção, porque estamos mesmo agindo como tolos, colocando pessoas sem preparo para governar esta Nação, assim como, muitos corruptos ainda estão lá.
      Mesmo com todas as manifestações, continuamos sendo manipulados por pessoas sem caráter, que reagem de forma violenta e desonesta, depredando prédios e estabelecimentos bancários, por serem contrários ao impeachment.
      Tens razão, amar é a arma mais poderosa que existe e, eu...
      Ah! Eu amo muito!!!
      Feliz final de semana, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  3. Olá, linda e querida amiga!

    Graças a Deus, que estamos ambas bem e em paz.

    Mto agradeço sua visita e palavras carinhosas, inteligentes e bem colocadas. Que Deus ilumine sua vida e te cubra de bênçãos.

    Somos mto parecidas, pois, tb não gosto de falar de futebol, política e religião e dizer palavrão não faz parte de meu dicionário formativo.

    Entendo, perfeitamente, o contexto em k a Mônica faz seus escritos. Por vezes, há que chamar os "bois" pelos nomes, como se diz, vulgarmente, no nosso país.

    Infelizmente e em minha opinião, não houve nenhum golpe de estado, agora, no Brasil, com a entrada do Dr. Temer, que tb tem as mãos "sujas", mas menos k a guerrilheira e seu lacaio, acho.
    O Brasil já viveu em ditadura e para grandes males, grandes remédios, qdo já não outro jeito. Evidente que as ditaduras ditam, impõem, têm regras, mas por vezes, são necessárias.

    Em matéria sentimental, Teresinha, você era uma jovem adolescente, ingénua e nada sabia da vida, portanto, é natural k não tivesse sabido escolher um Homem com h maiúsculo. Eu, filha única, como sabe, só não me colocaram numa redoma de vidro, para k nada de mal me sucedesse, pke isso não seria normal, mas eu compreenderia a intenção afetuosa e protetora do gesto.

    Namorei, pela 1ª vez, já perto dos 30 anos com um jovem de 20, estudante de arquitetura. Nunca a diferença de idade foi problema pra mim, pra ele, embora a senhora sua mãe, farmacêutica de formação, e antes de me conhecer, tivesse torcido o nariz. Depois, entendeu k eu era uma mulher casta, rara, bonita e inteligente. Como não suporto ganâncias, com ou sem necessidades económicas, e eles eram pessoas bem posicionadas na vida, quase k exigiam k fosse sempre eu a "abrir os cordões à bolsa", pke o filho era estudante e eu já tinha emprego. Ora, pensei: se isso acontece no namoro, então depois do casamento, as coisas vão piorar. Falei com meus pais, com ele e com seus pais, expus a situação e como não houve mudança de comportamento da parte deles, decidi pôr um ponto final, um ano após o começo do namoro (só namoro mesmo. Nada de sexo. Juro!) e 3 dias antes do natal. Evidente e como se diz no nosso país: "Caiu o Carmo e a Trindade", com a minha decisão, mas não voltei atrás.

    Já passaram mais de 10 anos sobre o facto, e ele, já arquiteto, continua sem objetivos na vida, pelo k vou sabendo. Já viveu com várias meninas, mas nada dá certo. Desconheço a razão. Ele ganha bem, mas gasta o dobro. Duas depressões profundas, nesse espaço de tempo, ele já teve, mas a senhora sua mãe tem a distinta lata de dizer k eu estraguei pra sempre a vida de seu filho. Não os vejo há mto tempo, mas lhes desejo as maiores felicidades. O meu mundo é outro e sou eu quem o faz.

    Nunca fui escrava, nem tapete de ninguém e creio a continuar, desse jeito, nunca o serei.

    Beijos e abraços, carinhosamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Que Deus ilumine a todos nós e derrame suas bênçãos!
      Concordo que não houve golpe de estado, mas a brandura com que foi tratada, vai sair muito caro para nós, infelizmente, é isso que estamos vendo.
      Minha amada amiga, CÉU, procuro me abrir, para mostrar que estamos sujeitos a errar, mas que temos condições de nos levantar.
      Não quero justificar meus erros, muito menos julgar as pessoas por errar, cada um sabe das suas razões, por estar se sujeitando a um relacionamento abusivo.
      Você é uma pessoa com excelente estrutura familiar e conhecedora do seu papel na sociedade, naturalmente, jamais será usada ou feita de escrava por homem algum, o seu mundo é outro, totalmente diferente do meu.
      Eu vim de uma família desestruturada, sofri agressões e vivenciei o sofrimento de minha mãe, que culminaram com sua morte. Desde cedo, procurei me voltar para encontrar soluções para o drama das crianças que sofrem violência. Meu TCC do Serviço Social foi sobre crianças infratoras, na época estagiava no Juizado de Menores.
      À medida que o tempo passava, minha preocupação ia acompanhando o meu raciocínio, até que pensei em trabalhar com mulheres em situação de risco, que logo foi descartado, em virtude da advogada me alertar para a vulnerabilidade da nossa segurança.
      Hoje, penso que escrever, pode ser a forma mais direta de chegar a quem está precisando criar coragem para reagir e, dar um basta ao relacionamento abusivo e agressivo, quem precisa de incentivo para denunciar.
      Além do mais, só quem passou por agressões e sobreviveu, sabe a dor da carne e da alma por que passou e, sabe as razões que a impediam de libertar-se.
      Desejo uma excelente semana, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir