Com amor, todo sonho é possível

59 anos sem Você!!!

Boa tarde, dia 10 de janeiro,
completa 59 anos da morte
de minha mãe, mas como o
raio queimou meus aparelhos,
estou postando antes, para 
garantir a publicação...
59 anos sem Você, Mamãe!
Gratidão, minha Mãe,
pela Meiguice que me adoçou,
pelo Sorriso largo,
que minha Vida alegrou,
pelo seu Silêncio que me ensinou
a nunca me calar...
Apesar de tudo continuar como antes,
grito para que me escutem,
grito para que me libertem,
grito para que não me matem,
grito para que as prisioneiras
 como Você e eu denunciem...
Mas, ninguém nos ouve,
ninguém nos socorre,
 tudo continua como sempre foi,
tudo muito igual!

Se me fosse permitido, minha Mãe,
teria morrido por Você...
Hoje luto,
- para que a Mulher não se cale, fale;
- para que a Mulher se liberte do homem
que a aprisiona e mata;
- para que a Mulher denuncie as situações
de violência, abuso emocional, psicológico,
mental, físico, social e financeiro...

Estão nos matando sem dó, nem piedade!

Estão massacrando as Mulheres!!!

Só soube a verdadeira razão de sua morte,
50 anos depois de você ter partido,
quando no leito de morte confessou:
"Me perdoe pelo que fiz à tua mãe,
eu sou o único culpado por tudo
que aconteceu com ela."

E, esse arrependimento,
me fez acordar e
denunciar as violências
 que estava sofrendo calada!!!

Apesar de tarde,
foi uma forma sutil de me alertar,
uma forma de me dizer,
 o risco que eu estava correndo,
nas mãos do então marido,
que por dinheiro,
 era capaz de tudo,
até vender a própria mãe!
E, realmente,
quando ela adoeceu,
eu quis cuidar dela,
mas como ela não tinha dinheiro,
ele a despejou na casa dela,
para que os outros a cuidassem e
se apropriou do seu benefício...


Hoje me cobra por ter cuidado de meu pai,
meu pai pagou muito caro, ao impostor,
 pelos serviços mal prestados!
Se nem dos próprios filhos cuidou,
nunca se preocupou ou
perdeu noite de sono com eles,
nunca tratou ou ministrou remédios quando adoeciam,
dizia: "Não nasci pra ser babá"...
Mas fui obrigada a cuidar dele a vida inteira,
pagar faculdade, pagar convênio médico,
quitar suas dívidas, comprar suas roupas,
dar comida na boca, carrega-lo nas costas, literalmente,
aguentar suas traições, humilhações,
violências e tentativas de morte,
sem nunca reclamar,
 pois, segundo ele,
 era minha obrigação de mulher!
Maria Teresa

A imagem pode conter: texto
"Jamais desista de ser feliz.
Lute sempre pelos seus sonhos.
Seja profundamente apaixonado pela vida.
Pois a vida é um espetáculo imperdível."
**Augusto Cury**

Ana Lúcia

No Natal, meus filhos me elogiaram,
por me superar e não desistir!
Isso não é mérito meu:
primeiro observei o que aconteceu à minha mãe,
depois lembrei da falta que ela me fez e
concluí que não deveria repetir,
 porque foi e ainda é muito doloroso pra mim,
a ausência dela...

Mas o que mais me valeu,
foi perceber que meus pais
 não eram cristãos,
assim eu busquei a Deus.
Me entreguei a Jesus Cristo,
que de mim se apiedou, me resgatou e salvou,
no momento mais difícil de minha Vida,
não me permitindo desistir!

Eu sou fraca, forte é Jesus Cristo que me acolhe e protege! 
Eu vivo "EM NOME DO SENHOR JESUS".
Esse é o Deus a Quem sirvo com alegria! 

Maria Teresa

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto e close-up
 Cartaz produzido por:
Thays Cristine <3

"10 O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; (João 10)

Nada mudou...
Continuam assediando Mulheres!
Continuam humilhando Mulheres!
Continuam enlouquecendo Mulheres!
Continuam difamando Mulheres!
Continuam explorando Mulheres!
Continuam aprisionando Mulheres!
Continuam roubando Mulheres!
Continuam espancando Mulheres!
Continuam violentando Mulheres!
Continuam torturando Mulheres!
Continuam ameaçando Mulheres!
 Continuam estuprando Mulheres!
Continuam matando Mulheres!
Continuam culpando Mulheres!
Violência contra a Mulher é crime. Denuncie.

E,
 as Mulheres continuam sofrendo caladas,
por não terem quem as defenda,
por não terem quem as proteja,
mesmo com a Lei Maria da Penha,
têm muito medo de denunciar e, assim,
continuam sendo agredidas e mortas...
Enquanto os machões zombam de todos,
fazem piadas com a "Lei" e,
até de Deus fazem troça, comungando,
para mostrar que são "santos"...

Não. Seu coração não é depósito de lixo e
 nem terreno baldio para aceitar receber o que não presta e faz mal!
Violência contra a Mulher é crime. Denuncie.

Pedimos Respeito!
Respeito à Mulher!
Respeito à liberdade de escolha da Mulher,
de querer ir ou ficar,
abaixo a insistência opressiva, obsessiva e possessiva...
Respeito às Leis que nos protegem,
abaixo a impunidade machista!
Maria Teresa

"O mal existe e tem gente que simplesmente não presta." Glória Perez

"Aprenda a identificar pessoas que possuem real falta de caráter!"
Leia aqui...

Não se cale!
Denuncie!

 https://1.bp.blogspot.com/-a5Xe2mtLsl4/Vrk7zSb9E1I/AAAAAAAAK3A/bhEIWZLYqtQ/s1600/2016%2B-%2B1%2B-%2BAA%2B-%2Bvcmc%2B-%2Bautoridade.jpg
A imagem pode conter: texto
Cansa ser disponível, se doar demais, ir além mesmo não existindo mais forças. Desgasta fazer por quem não faz pela gente, quem usa das desculpas para justificar a falta de interesse. Cansa esperar por mudanças e só receber vacilos. Cansa o visualiza e não responde, a preocupação que não é recíproca e o amor que não é regado. Cansa esperar atitude de quem não tem e dar amor pra quem não está pronto para recebê-lo. Cansa esse banho-maria e as desculpas que não mudam. Cansa remar em um barco furado onde só sua força é mantida. Ah meu amor, o coração também cansa de tentar. E quando vejo que não rende mais, eu pulo fora, eu faço acontecer em outro canto, eu me desligo de vez. Se tem uma coisa que eu jamais farei, é investir em quem não investe em mim. Mendigar qualquer tipo de afeto nunca combinou comigo. Gosto do que vem pra somar, esse negócio de diminuir não condiz com a pessoa que eu sempre fui.
Rogério Oliveira <3

"Um dos maiores prazeres da Vida 
é fazer o que os outros dizem que você não é capaz."
(Ana Maria Braga 29/04/2016)

Dê um tempo pra quem não tem tempo pra você!
(Ana Maria Braga 05/10/2016)
Viver é assim,
se não tiver talento,
esforce-se!
Maria Teresa

Nada, mas nada mesmo,
justifica a falta de caráter,
pobreza não traumatiza,
fui abusada, agredida e violentada na infância,
 passei por privações,
tendo que trabalhar pelo pão que comia,
desde os 11 anos,
nem por isso desisti ou culpei os outros;
passei por humilhações, explorações, violências e
tentativas de morte,
nem por isso desisti ou culpei os outros;
nunca fizeram casaquinhos de frio para os meus filhos,
nem me trouxeram arroz, feijão ou mistura,
fui responsável pela criação, sustento e
formação dos meus filhos,
sem ter a ajuda de ninguém,
nem por isso desisti ou culpei os outros;
fui desprezada, rejeitada, enterrada viva e
acusada no "Messenger", no modo privado,
por pessoa que se intitula "perfeita",
nem por isso desisti ou culpei os outros;
 fui agredida, explorada, roubada, acusada de ser falsa,
preconceituosa e bancar a Madre Teresa de Calcutá,
nem por isso desisti ou culpei os outros, 
para justificar meus erros, reivindicando meus direitos! 

Portanto, moça, se você diz:
- que não fui Mulher capaz de botar o "fdp" (sic) pra fora;
- que não soube criar e formar o meu filho;
- que não lhe dei o que precisava;
- que não correspondi ao que queria;
- que tudo o que faço, não passa de um monte de trapos velhos...
Me perdoe,
não posso e nem quero corresponder à sua expectativa!
Fique com o que me furtou e maculou,
mas,
por gentileza,
me esqueça!!!

Quero junto a mim,
apenas quem respeita a minha casa e,
tão somente,
quem ama e respeita a minha alma!

Em tempo: não movi ação contra meus filhos,
se estão lhe apresentando alguma conta,
nada tenho a ver com isso!!!

Não sou perfeita, assumo meus erros,
mas mentir, aí já é demais, não admito!
Se preciso fosse, daria a minha Vida,
para que meus filhos vivessem,
mas não aceito hipocrisia e falta de caráter!
Maria Teresa 


Ética é o conjunto de valores e princípios que usamos
 para responder a três grandes questões da vida: 
 (1) quero?; (2) devo?; (3) posso?
Nem tudo que eu quero eu posso;
 nem tudo que eu posso eu devo; e
 nem tudo que eu devo eu quero.
 Você tem paz de espírito quando aquilo que você quer
 é ao mesmo tempo o que você pode e o que você deve.
Mario Sergio Cortella
Ele (Paulo Freire) dizia que era pequeno, para poder crescer.
 Gente grande de verdade sabe que é pequeno e, por isso, cresce.
Gente muito pequena acha que já é grande e 
o único modo de ela crescer é rebaixando os outros.
Mario Sergio Cortella
Há uma palavra que circula muito hoje por aí,
 no campo da ética, que é "tolerância". 
Cuidado com essa palavra, porque tolerar significa suportar, aguentar.
 "Eu tolero que você tenha outra religião, que você não seja como eu" ,
 quase como se falasse "eu autorizo que você seja diferente".
A palavra mais adequada (e sólida eticamente),
 que precisa substituir "tolerância", é "acolhimento"
Acolher significa "eu te recebo em mim como igual".
Mario Sergio Cortella
"Se você ainda não achou uma causa pela qual valha a pena morrer,
 você ainda não achou razão de viver." Martin Luther King


"Ao escrever a história da sua vida,
não deixe ninguém segurar a caneta."
#mensagemdaAna
 
 "Eu não sou o que aconteceu comigo.
Eu sou o que escolhi me tornar."
Carl Jung

Não se cale!
Denuncie!


Violência contra a Mulher é crime. Denuncie.

"Quando a dor de não estar vivendo for maior
que o medo da mudança, a pessoa muda!"(Freud)

Gratidão, Marilene Marques!

Agradeço pela minha Vida, que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

4 comentários:

  1. Boa Tarde Maria Teresa, eu li as suas postagens nesse espaço e deu para sentir quanto voce sofreu. Perdi minha mãe muito cedo, e meu pai casou-se novamente, então a família se dissipou, ela apenas podia fazer o que ela PERMITIA. viu como a situação se inverteu. Por causa de uma discussão que ele teve com a filha dessa mulher, a mesma me proibiu de visitá-los durante cinco longos anos. Finalmente ela resolveu me ligar e pedir para ir ver meu pai. O pobre velhinho já com 91 anos não era mais o mesmo, o sorriso acabou, a saúde começou a definhar seu corpo, e um ano depois ele faleceu praticamente em meus braços, jogado num hospital público, onde ela o abandonou, e sumiu com o dinheiro que ele guardou a vida inteira para ser usado se ele ficasse muito doente. Quanto a minha mãe ela foi muito bem tratada a vida toda, meu pai foi um excelente marido. Sorte que já não tive, o meu marido tinha um humor variável, e então entrava em crise e começava a quebrar coisas em casa. Nunca me maltratou, mas o psicológico do meu viver ficou afetado por muitos anos. Agora vivo mais ou menos em paz. Bj em seu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Sônia, gratidão!
      É amiga, existem madrastas e madrastas, mulheres gananciosas que se acham no direito de tudo, mas não são responsáveis por nada.
      Quando saí de casa, tentei levar a companheira de meu pai que também sofreu muito nas mãos dele, mas ela me respondeu: "Imagina se eu vou deixar pra trás os sete anos que vivi com ele!"... Viveu mais trinta e poucos anos apanhando, quando ele adoeceu e deitou, ela e a filha pegaram a fortuna que ele tinha em dólares e sumiram, vendo o meu pai naquele estado, eu o trouxe para a minha casa...
      Acredito que tudo tem uma razão de ser, à beira da morte ele se arrependeu pelo que fez à minha mãe e me pediu perdão por ela... Ele sempre se referiu a mim como a filha mansa, nunca respondi ou maltratei meu pai, eu o respeitei até o fim.
      Ainda bem que se recuperou, Sônia, a fé tem sido meu maior suporte, do contrário teria sucumbido...
      Abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir
  2. Querida amiga Maria Teresa, seu sofrimento foi mesmo muito grande, mas ainda bem que encontraste forças para lutar, ajudar com seus relatos, muitas mulheres que sofrem e são humilhadas, maltratadas por homens!
    Nunca sofri nenhuma violência em minha vida porque só homens bons cruzaram meu caminho, meu avô paterno, o materno morreu quando minha mãe era adolescente,mas era um homem bom, meu pai, irmão, marido, filho, genro,agora netos, só tenho a agradecer!
    Mas posso fazer ideia do quanto é triste para as mulheres, ficarem submissas aos maridos ou companheiros, lutemos sim, tenho netas adolescentes que desejo que elas tenham muita sorte para encontrarem bons cônjuges, pois nunca estamos totalmente ilesas!
    Saudade deixada por sua mamãe, eu também sinto saudade da minha, ela se foi faz 27 anos!
    Abraços apertados linda amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Ivone, gratidão!
      Minha doce amiga, tento mostrar que, apesar do passado de violência, sempre podemos mudar nossa história, que por mais difícil que seja, não devemos desistir, não podemos deixar de lutar para que haja paz em nosso lar.
      Gosto muito quando coloca, aqui, que nunca sofreu violência em sua vida, nem de sua família, é muito importante que todos saibam que existem famílias onde o amor e o respeito são a prioridade, a regra, que famílias desestruturadas pela violência são exceções e, está em nossas mãos, dar continuidade à regra, lutando para que não hajam exceções...
      Sabe, minha doce amiga Ivone, toda vez que esmoreço, lembro do sorriso largo de minha mãe, da sua alegria, a fé que tenho, me abastece de força e me levanto para continuar, é como se eu fosse libertar a minha mãe, entende?
      Felizes dias, abraços carinhosos
      Maria Teresa

      Excluir