Com amor, todo sonho é possível

Poemas de Zelia Citelli


Amo os poemas de Zelia Citeli que,
carinhosamente, nos permitiu publicar:

BOM DIA !!!!
Sou de pouco me importar
Com o que os outros pensam
Sobre mim, meu comportar
Meu jeito escancarado
De sorrir e de falar;
Não sei, nem quero saber
O que pensam pra valer;
Creio até que sou bem vista
Percebo que sou benquista
E gosto sim, de saber,
Que este meu jeito de ser,
Agrada mais, que desagrada;
Sou cercada pelos bons
Gente de coração;
Sou privilegiada
Em todos os sentidos;
Tenho muitos bons amigos
Família deliciosa
Não, isso não é prosa...
Sei que sou muito falha
Às vezes, falo feito gralha
Também penso mal dos outros
Faço conjecturas, sinto raiva,
Julgo...até falo palavrões,
Quando bato meu dedinho
Ou se algo me enfurece.
Sou eclética...faço preces...
Perdoo, amo, magoo,
Enfim...
Sou gente igual a todos
Mas podem vir até mim!
Não mordo...
Beijos !!!!


BOA NOITE !
Preciso em mim
Sarar, sanar
O mal de ser
Assim..tão má.
Malvada,
Irada, errante,
Errada.
Preciso andar
Sem eira
Na areia...
Horizonte
Sem trancas
Sem fronteiras
Caminhar noites inteiras
Olhar o mar
Na lua cheia...
Buscar a paz
No infinito;
Nenhum conflito
Porque nada me cerceia...
Fincar os pés
No chão
Sentir a dor
E os sobressaltos
Nos pés
Descalços...
Enxergar luz,
Onde não há...
Dizer mais nãos.
Não usar meias
Meias vontades
Meias saudades
Meia bondade
Meias verdades
Olhar pra mim
Dizer enfim...
Óh, liberdade !

Gratidão, Zelia Citeli!

"Quando a dor de não estar vivendo for maior
que o medo da mudança, a pessoa muda!"(Freud)
Agradeço pela minha Vida, que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

2 comentários: