Com amor, todo sonho é possível

Amor Virtual


A imagem pode conter: céu, árvore, crepúsculo, oceano, atividades ao ar livre e natureza
Bom dia
Ótima quinta feira.
Um dia de paz, produtivo e cheio de fé...

Beijos 😘😘😘

A imagem pode conter: 1 pessoa
#partiuconsultório.....
Mais do que lindas... Ultra liiindas 🤗
Se você não pode ser ROSA.....
 seja pelo menos PÉTALA... 😉

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, atividades ao ar livre e natureza
"Não procure alguém só para te aquecer no inverno.
 O cobertor já faz isso. Escolha quem escolhe o coração.
 Paixão tem prazo de validade; o amor não."
Abner Santos

A imagem pode conter: texto
Com certeza
Ana Lúcia

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Amor Virtual
(Fabrício Carpinejar)
Acredito em amor virtual. Não adianta se valer do ceticismo da carne e dizer que a distância engana, que as pessoas não se conhecem, que pode haver desfeita e desilusão. Acredito em amor virtual. Pois nada é mais expansivo e verdadeiro do que se conhecer pela linguagem. Nada é mais íntimo e pessoal do que se doar pela linguagem.
Não serei convencido da frieza do relacionamento na web, da articulação de fachadas e pseudônimos, da ironia e dos subterfúgios denunciados nos chats. O que acontece na internet reproduz a vida com seus defeitos e virtudes, não se pode exagerar na desconfiança. O amor virtual é tão real quanto o sangue. Não preciso enxergar o sangue para verificar se ele corre. O amor virtual trabalha com a expectativa e a ansiedade. Como um teatro que se faz de improviso, com a ardência de ser aceito aos poucos, sem o temor e os avisos em falso do rosto.
Na correspondência, há a esperança de ser amado e de entreter as dores. A esperança aceita tudo, transforma todo troco em investimento. Um gesto de redobrada atenção, uma resposta alentada, uma frase diferente, um cuidado excessivo, a cordialidade do eco e o amor se instala.
Não há o julgamento pelas aparências (que se assemelha a uma execução sumária), mas o julgamento em função do que se imagina ser, do que se deseja, do que se acredita. São raros os momentos em que se pode fechar os olhos para adivinhar. Adivinhar é delicioso - é se dedicar com intensidade às impressões mais do que aos fatos. Alguns dirão que é alienação permanecer horas e horas teclando ou diante de uma câmera e do computador. Mas é envolvimento, amizade, compromisso. É pressentir o cheiro, formigar os ouvidos, seduzir devagar. Não conheço paixão que não ofereça mais do que foi pedido.
Quem reclamava da ausência de preliminares deve comemorar o amor virtual? Nunca se teve tanta preliminar nas relações, rodeios, educação. Fica-se excitado por falar. Devolve-se à fala seu poder encantatório de persuadir. Afora o espaço democrático: um conversa e o outro responde. Findou o temporal de um perguntar para outro fingir que está ouvindo. No amor virtual, a linguagem é o corpo. Dar a linguagem é entregar o que se tem de mais valioso. É esquecer as roupas na corda para escutar a chuva. É recordar de memórias imprevistas como do tempo em que se ajudava à mãe a contornar com o garfo a massa do capeletti. Conversa-se da infância, dos fundos do pátio, do que ainda não se tinha noção, sem ficar ridículo ou catártico. Abre-se a guarda para olhares demorados nos próprios hábitos. A autocrítica se converte em humor; a compreensão, em cumplicidade. É uma distração para concentrar. Uma distração para dentro. Vive-se com mais clareza para contar e se narrar.
Amor virtual é conhecer primeiro a letra, para depois conhecer a voz. A letra é o quarto da voz.

A imagem pode conter: 1 pessoa
Uiiii... Maquiagem é tudo

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto
Eu sou.... Toda mulher é SEREIA
🌊💘🐚🐙🦄

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Amo <3

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e sapatos

Era uma vez...😍😍😍😍 numa terra muito distante...uma princesa linda, independente e cheia de auto-estima.
Ela se deparou com uma rã enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo era relaxante e ecológico...
Então, a rã pulou para o seu colo e disse: linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito.
Uma bruxa má lançou-me um encanto e transformei-me nesta rã asquerosa.
Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo.
A tua mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavar as minhas roupas, criar os nossos filhos e seríamos felizes para sempre...
Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria, pensando consigo mesma:
- Eu, hein?... nem morta!
Luis Fernando Verissimo

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto
Boa noite
Doce bailado do sono 😴😴😴
Os leves passos de uma bailarina revelam

 a delicadeza de uma mulher que dança sobre o vento, e
 com gestos suaves e bem armados desvenda os mistérios de uma canção
 que nem mesmo o tempo ousou revelar.
Gustavo Nascimento

Gratidão, Ana Lúcia!

Agradeço pela minha Vida, que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário