Com amor, todo sonho é possível

Esta mensagem é para alegrar você e...

A imagem pode conter: montanha, céu, atividades ao ar livre e natureza
Amanhecendo um dia lindo!

Deus abençoe a todos!!
!!! BOM DIA!!!


Esta mensagem é para alegrar você e lhe dar forças para enfrentar esta fase que está sendo tão difícil de encarar. Faça de seus pensamentos a força de que está precisando. Esqueça as coisas ruins e limpe a mente cultivando somente bons pensamentos. Acredite no sucesso total, não imagine obstáculos na sua mente.
Tudo que uma pessoa é capaz de planejar, ela é capaz de realizar. Tenha fé, otimismo e ação. Sua vida só você a vive, portanto goste mais, acredite mais, e seja mais feliz. Procure plantar sementes de amor e otimismo na sua vida, e você colherá sempre maravilhosos frutos.
Eu acredito em você! Tudo vai dar certo.
Deus te abençoe.
João Bandeira

A imagem pode conter: oceano, céu, nuvem, texto, atividades ao ar livre, água e natureza

Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida;
como fui com Moisés, assim serei contigo;
 não te deixarei nem te desampararei.
Josué 1:5

A imagem pode conter: planta, flor, árvore, atividades ao ar livre e natureza
E Deus criou a natureza
A imagem pode conter: planta, flor, natureza e atividades ao ar livre
Natureza delicada
1 Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.
2 Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos.
3 E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no Senhor.
4 Bem-aventurado o homem que põe no Senhor a sua confiança, e que não respeita os soberbos nem os que se desviam para a mentira.
5 Muitas são, Senhor meu Deus, as maravilhas que tens operado para conosco, e os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; se eu os quisera anunciar, e deles falar, são mais do que se podem contar.
6 Sacrifício e oferta não quiseste; os meus ouvidos abriste; holocausto e expiação pelo pecado não reclamaste.
7 Então disse: Eis aqui venho; no rolo do livro de mim está escrito.
8 Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração.
Salmo 40:1-8

A imagem pode conter: 1 pessoa, flor, planta, mesa, natureza e atividades ao ar livre
PRA VOCÊS!!!
Já percebeu como Jesus usava de modo simples e profundo as coisas da natureza para revelar a Sua doutrina? Fazia assim uma pregação clara, que o povo podia entender com facilidade. O vemos falar da figueira, das aves do céu, da raposa e seu ninho, do mar, dos lírios dos campos que o Pai cuida, dos pardais que não caem por terra sem o que o Pai saiba e permita, etc.. Ele amava a criação que Ele mesmo criou. E que de modo especial usou a figura do pastor e das ovelhas.
O próprio Jesus foi identificado com “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jo 1, 29). O profeta Isaías o comparou àquela ovelha silenciosa que vai para o sacrifício redentor da humanidade, carregando os seus pecados. “Como um cordeiro que se conduz ao matadouro, e uma ovelha muda nas mãos do tosquiador; Ele não abriu a boca” (Is 53,7).
Já no Antigo Testamento a figura do Pastor, ao qual Jesus se identificou, era abundante nas profecias. Vários profetas foram pastores. Para entender bem porque Jesus se identificou com o “bom Pastor”, é preciso entender o que os profetas anunciaram sobre isso.
O Profeta Jeremias disse que Deus daria ao seu povo “pastores segundo o seu coração” que cuidariam bem do rebanho. É uma prefiguração de Jesus:
“Ai dos pastores que deixam perder-se e dispersar-se o rebanho miúdo de minha pastagem! Por isso, assim fala o Senhor, Deus de Israel, acerca dos pastores que apascentam o meu povo: Dispersastes o meu rebanho e o afugentastes, sem dele vos ocupar. Eu, porém, vou ocupar-me à vossa custa da malícia de tal procedimento. Reunirei o que restar das minhas ovelhas, espalhadas pelos países em que as exilei e as trarei para as pastagens em que se hão de multiplicar. Escolherei para elas pastores que as apascentarão, de sorte que não tenham receios nem temores, e já nenhuma delas se extravie .” (Jer 23,1-6)


João 10:1-21
EU SOU O BOM PASTOR
JESUS FALA SOBRE O BOM PASTOR E OS APRISCOS
Enquanto Jesus ensina na Judeia, ele fala sobre algo que seus ouvintes conseguem facilmente visualizar, ovelhas e apriscos. Mas ele está falando em sentido figurado. Os judeus talvez se lembrem das palavras de Davi: “Jeová é o meu Pastor. Nada me faltará. Ele me faz deitar em verdes pastagens.” (Salmo 23:1, 2) Em outro salmo, Davi fez um convite à nação: “Ajoelhemo-nos diante de Jeová, aquele que nos fez. Pois ele é o nosso Deus, e nós somos o povo do seu pasto.” (Salmo 95:6, 7) Os israelitas que estão sob a Lei por muito tempo têm sido comparados a um rebanho de ovelhas.

Essas “ovelhas” estão num “aprisco” por terem nascido sob o pacto da Lei mosaica. A Lei serviu como uma cerca, separando-os das práticas corruptas dos que não estavam sob esse pacto. Mas alguns israelitas maltrataram o rebanho de Deus. Jesus declara: “Digo-lhes com toda a certeza: Quem não entra no aprisco das ovelhas pela porta, mas sobe por outro lugar, é ladrão e saqueador. Mas quem entra pela porta é o pastor das ovelhas.” — João 10:1, 2.
Talvez os ouvintes pensem nos homens que afirmaram ser o Messias, ou Cristo. Esses impostores são como ladrões e saqueadores, que as pessoas não devem seguir. Em vez disso, devem seguir “o pastor das ovelhas”, a respeito de quem Jesus agora fala.
Ele diz: “O porteiro abre para ele, e as ovelhas escutam a sua voz. Ele chama por nome as suas ovelhas e as leva para fora. Depois de retirar todas as suas ovelhas, ele vai à frente delas, e elas o seguem, porque conhecem a sua voz. De modo algum seguirão um estranho, mas fugirão dele, porque não conhecem a voz de estranhos.” — João 10:3-5.
Algum tempo antes, João Batista, como um porteiro, identificou Jesus como aquele a quem as ovelhas simbólicas que estão sob a Lei devem seguir. E algumas delas, na Galileia e na Judeia, reconheceram a voz de Jesus. Para onde ele vai levá-las? E qual será o resultado se o seguirem? Pode ser que alguns que ouvem essa ilustração se perguntem isso, pois ‘não entendem o que ele lhes diz’. — João 10:6.
Jesus explica: “Digo-lhes com toda a certeza: Eu sou a porta das ovelhas. Todos os que vieram em meu lugar são ladrões e saqueadores; mas as ovelhas não os escutaram. Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo; entrará e sairá, e achará pastagem.” — João 10:7-9.
Fica claro que Jesus está falando sobre algo novo. Seus ouvintes sabem que ele não é a porta para o pacto da Lei, que já existe por séculos. Então talvez ele esteja falando que as ovelhas que ele “leva para fora” vão entrar em outro aprisco. E qual será o resultado?
Jesus dá mais detalhes sobre seu papel: “Eu vim para que tivessem vida, e a tivessem na mais plena medida. Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas.” (João 10:10, 11) Em outra ocasião, Jesus consolou seus discípulos por dizer: “Não tema, pequeno rebanho, porque o seu Pai se agradou de dar o Reino a vocês.” (Lucas 12:32) Os que fazem parte do “pequeno rebanho” são os que Jesus vai levar até um novo aprisco, para que ‘tenham vida, e a tenham na mais plena medida’. Que bênção é fazer parte desse rebanho!
Mas Jesus ainda não encerra o assunto. Ele diz: “Tenho outras ovelhas, que não são desse aprisco; a essas também tenho de trazer, e elas escutarão a minha voz e se tornarão um só rebanho, com um só pastor.” (João 10:16) Essas “outras ovelhas” não são “desse aprisco”, são de um aprisco diferente do “pequeno rebanho” que vai herdar o Reino. Esses apriscos, ou currais de ovelhas, têm esperanças diferentes. Mesmo assim, as ovelhas dos dois apriscos se beneficiarão do papel de Jesus. Ele diz: “É por isso que o Pai me ama, porque entrego a minha vida.” — João 10:17.

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Deus abençoe a todos!
Bom sono com belos sonhos!!!

Gratidão, João Bandeira!

Agradeço a Deus, pela minha Vida,
 que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário