Com amor, todo sonho é possível

O TESTEMUNHO DE UM ANCIÃO E...

A imagem pode conter: planta, flor, árvore, atividades ao ar livre e natureza
"Porém o SENHOR disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração." (I Samuel 16:7)

A imagem pode conter: céu, árvore, atividades ao ar livre, natureza e água
A bela natureza

A morte de Cristo, seguida de sua ressurreição ao terceiro dia, nos concedeu a vida, e vida em abundância. Muitos não compreendem, pois Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes (1 Co 1:27). Não se engane, quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente (1 Co 2:14). No entanto, é do interesse de Deus que todos se salvem, e venham ao conhecimento da verdade (1 Tm 2:4). E Jesus Cristo, a Palavra de Deus (Ap 19:13), é o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por Ele (Jo 14:6), mas com Ele, todos quantos quiserem tem a vida, e vida eterna.
Jesus nos Ama!

A imagem pode conter: flor, planta, natureza e atividades ao ar livre
Natureza perfeita

Jó: 19. 25. Pois eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.
Deus se levantará ao teu favor, confie em Deus, Deus é fiel !



A imagem pode conter: flor e texto
Deus é tudo pra mim.

A imagem pode conter: flor, planta, natureza e atividades ao ar livre
Os céus declaram a glória de Deus; 
o firmamento proclama a obra das suas mãos. 
Salmo 19:1

O TESTEMUNHO DE UM ANCIÃO E UM ENSINAMENTO SOBRE A ORAÇÃO
Certa vez eu estava num culto quando um irmão que é ancião contou um testemunho, uma verdadeira obra de conversão que aconteceu com ele mesmo quando já estava no ministério.
Contou o servo de Deus que um dia ele estava fazendo visitas num hospital, e dentre os internados havia um irmão nosso que “pecara” (isto é, havia cometido algum pecado de natureza sexual e estava sem liberdade na igreja).
Havia também naquele dia muitos irmãos de uma outra denominação visitando os enfermos e orando por eles. Tudo transcorria na santa paz, num perfeito clima de amor fraternal.
Foi então que, após terem feito sua parte, os irmãos da outra igreja disseram a este irmão ancião: “nós oramos por todos aqui, menos por aquele irmão ali (referindo –se ao “pecador”) porque nós sabemos que ele é da sua igreja e que, portanto, o senhor orará por ele”.
Esta palavra calou fundo no coração do servo de Deus. Num instante, sua justiça própria foi abalada, suas regras institucionais foram relativizadas, seu ser adormecido pela religiosidade recebeu um choque do Evangelho e ele sentiu uma profunda vergonha de si mesmo: ele não pretendia orar por aquele homem, pois até então considerava errado orar por “pecadores”.
Através de um gesto divinamente inspirado de um co-irmão em Cristo, este nosso irmão aprendeu a ter misericórdia daqueles que erram e a não negar uma simples oração a mais ninguém. Ele conta que até hoje se sente muito mal ao lembrar da forma como agia.
Amados, sabemos que 1 João 5:16 diz: “há pecado para morte, e por esse não digo que ore”. Entretanto: 1) o que o apóstolo diz é: “não digo que ore” (deixa em aberto) e não: “digo que não ore” (proíbe); além disso, 2) tudo na Bíblia deve ser lido com as lentes do Evangelho, e combina muito mais com o Evangelho orar por um irmão que caiu em pecado, crendo que Deus ainda poderá levantá-lo, do que desistir de alguém. E, finalmente, 3) o único pecado sem perdão é a blasfêmia contra o Espírito Santo (Marcos 3:29), de sorte que não há justificativa alguma para deixarmos de orar por uma pessoa que tenha cometido qualquer outro pecado.
Apesar de a oração possuir o poder de beneficiar o próprio orador, ela guarda um segredo: é mais forte quando usada em prol de outras pessoas. Assim como aqueles que possuem o dom de curar os enfermos raramente curam a si mesmos, de semelhante modo, o poder da oração deve ser usado mais em prol de terceiros do que em causa própria. Orar por si mesmo é uma forma de amor próprio; orar pelos outros é uma demonstração de amor ao próximo.
João Bandeira

A imagem pode conter: texto
Creia

Nenhum texto alternativo automático disponível.
SEJA FELIZ!!
DEUS TE ABENÇOE SEMPRE!!!

Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar.
De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados.
E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles.
Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava.
Havia em Jerusalém judeus, tementes a Deus, vindos de todas as nações do mundo.
Ouvindo-se este som, ajuntou-se uma multidão que ficou perplexa, pois cada um os ouvia falar em sua própria língua.
Atônitos e maravilhados, eles perguntavam: "Acaso não são galileus todos estes homens que estão falando?
Então, como os ouvimos, cada um de nós, em nossa própria língua materna?
Partos, medos e elamitas; habitantes da Mesopotâmia, Judéia e Capadócia, Ponto e da província da Ásia,
Frígia e Panfília, Egito e das partes da Líbia próximas a Cirene; visitantes vindos de Roma,
tanto judeus como convertidos ao judaísmo; cretenses e árabes. Nós os ouvimos declarar as maravilhas de Deus em nossa própria língua! "
Atônitos e perplexos, todos perguntavam uns aos outros: "Que significa isto? "
Alguns, todavia, zombavam deles e diziam: "Eles beberam vinho demais".
Então Pedro levantou-se com os Onze e, em alta voz, dirigiu-se à multidão: "Homens da Judéia e todos os que vivem em Jerusalém, deixem-me explicar-lhes isto! Ouçam com atenção:
estes homens não estão bêbados, como vocês supõem. Ainda são nove horas da manhã!
Pelo contrário, isto é o que foi predito pelo profeta Joel:
‘Nos últimos dias, diz Deus, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os jovens terão visões, os velhos terão sonhos.
Sobre os meus servos e as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão.
Mostrarei maravilhas em cima no céu e sinais em baixo, na terra, sangue, fogo e nuvens de fumaça.
O sol se tornará em trevas e a lua em sangue, antes que venha o grande e glorioso dia do Senhor.
E todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo! ’
"Israelitas, ouçam estas palavras: Jesus de Nazaré foi aprovado por Deus diante de vocês por meio de milagres, maravilhas e sinais, que Deus fez entre vocês por intermédio dele, como vocês mesmos sabem.
Este homem lhes foi entregue por propósito determinado e pré-conhecimento de Deus; e vocês, com a ajuda de homens perversos, o mataram, pregando-o na cruz.
Mas Deus o ressuscitou dos mortos, rompendo os laços da morte, porque era impossível que a morte o retivesse.
A respeito dele, disse Davi: ‘Eu sempre via o Senhor diante de mim. Porque ele está à minha direita, não serei abalado.
Por isso o meu coração está alegre e a minha língua exulta; o meu corpo também repousará em esperança,
porque tu não me abandonarás no sepulcro, nem permitirás que o teu Santo sofra decomposição.
Tu me fizeste conhecer os caminhos da vida e me encherás de alegria na tua presença’.
"Irmãos, posso dizer-lhes com franqueza que o patriarca Davi morreu e foi sepultado, e o seu túmulo está entre nós até o dia de hoje.
Mas ele era profeta e sabia que Deus lhe prometera sob juramento que colocaria um dos seus descendentes em seu trono.
Prevendo isso, falou da ressurreição do Cristo, que não foi abandonado no sepulcro e cujo corpo não sofreu decomposição.
Deus ressuscitou este Jesus, e todos nós somos testemunhas desse fato.
Exaltado à direita de Deus, ele recebeu do Pai o Espírito Santo prometido e derramou o que vocês agora vêem e ouvem.
Pois Davi não subiu ao céu, mas ele mesmo declarou: ‘O Senhor disse ao meu Senhor: Senta-te à minha direita
até que eu ponha os teus inimigos como estrado para os teus pés’.
"Portanto, que todo Israel fique certo disto: Este Jesus, a quem vocês crucificaram, Deus o fez Senhor e Cristo".
Quando ouviram isso, os seus corações ficaram aflitos, e eles perguntaram a Pedro e aos outros apóstolos: "Irmãos, que faremos? "
Pedro respondeu: "Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos seus pecados, e receberão o dom do Espírito Santo.
Pois a promessa é para vocês, para os seus filhos e para todos os que estão longe, para todos quantos o Senhor, o nosso Deus chamar".
Com muitas outras palavras os advertia e insistia com eles: "Salvem-se desta geração corrompida! "
Os que aceitaram a mensagem foram batizados, e naquele dia houve um acréscimo de cerca de três mil pessoas.
Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações.
Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos.
Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum.
Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade.
Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração,
louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos.
Atos 2:1-47
João Bandeira

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Não temas.
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas dormindo, bebê e texto
Até amanhã amigos!!!
João Bandeira

Gratidão, João Bandeira!

Agradeço a Deus, pela minha Vida, 
que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário