Com amor, todo sonho é possível

O que nós queremos???

O que nós queremos???

Como profissionais,
 conquistamos nosso espaço,
somos respeitadas e valorizadas,
mas como MULHER,
ainda sofremos abuso e violência doméstica.
O que nós queremos é respeito:
Respeito como ser humano!
Respeito como pessoa!
Respeito como cidadã!
Respeito como mulher!
Respeito como mãe!
Não queremos aprender defesa pessoal,
para revidar as agressões...
Não precisamos entender as Leis,
 para nos defender...
Para isso,
 temos o Ministério Público,
as Delegacias de Polícia e
a Lei Maria da Penha é específica e bem clara,
o que é preciso, é torná-la eficaz..
Queremos que as autoridades
nos ouçam,
registrem os BO's,
cumpram com o seu dever,
que é nos dar proteção e agir com austeridade,
porque viver sem violência,
é um direito nosso...
O dia em que a Lei Maria da Penha
for aplicada com os rigores que a Lei prevê,
os agressores e matadores de mulheres
pensarão 2 vezes antes de
adoecer/enlouquecer a mulher,
incapacitar a mulher para o trabalho,
 aprisionar,
torturar,
explorar,
difamar,
roubar
 humilhar,
violentar,
ameaçar,
estuprar e
matar!!!


Lembre-se: ✔️ Psicofobia é crime previsto em Lei.
A Lei 236/12 criada pelo senador Paulo Davim, prevê como crime de discriminação cometer abuso ou desrespeito contra transtornados ou deficientes mentais. Também foi aprovada pela Comissão de Direitos Humanos, em maio de 2014, a PLS 74/14, para o crime ser enquadrado no código penal como injúria, e prever pena de 2 a 4 anos a quem praticar psicofobia.

Denunciei,
 fiz vários BO's.
a DP simulou abrir representação 
contra o indivíduo,
não nos deram medidas protetivas e
arquivaram os BO's...
A intenção do indivíduo era nos matar,
para isso atentou contra a nossa vida, 
por diversas vezes,
só não conseguiu porque eu comecei a
publicar na internet, aí, 
como "machão" que se preza,
se acovardou...


A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
Tété Batista

Estupro é crime hediondo, 
e as penas estão previstas na Lei 12.015, de 2009.

Eu posso testemunhar que Jesus Cristo me salvou,
o ex tentou me matar cada vez que pedi o divórcio,
me estuprou para que eu saísse da minha casa
meus filhos me abandonaram e culparam,
fui ameaçada de morte,
caso o pai fosse preso,
a Justiça se omitiu e ainda arquivou,
me negando proteção,
eu estava desistindo da vida,
quando Deus começou a me conduzir:
- tratamento;
- publicar na internet;
- a retirada do "demônio" da minha casa e
- a busca por Justiça...
ainda estou nas mãos dele e
do jeito que é ardiloso,
poderá me matar,
mas não tenho mais medo,
porque Deus está comigo!
E na Palavra Deus fala:
-"Não desista."
-"Confie em Mim."

Agradeço e louvo a Deus a todo momento,
por me permitir viver!
Deus abençoe poderosamente a
todos que respeitam as mulheres!

Mostro a realidade que vivencio,
para que as mulheres,
que ainda se encontram
em situação de violência e risco,
não se deixem levar pelas promessas de mudança,
eles não mudam,
eles se aperfeiçoam na arte de torturar a mulher,
portanto,
ao invés de se ausentar de si,
como eu,
 que para sobreviver,
 me ausentei de mim,
 por mais de 30 anos ou,
como minha mãe,
que desistiu da vida,
aos 28 anos de idade,
faça algo por você,
saia desse relacionamento abusivo/destrutivo e,
se ele te ameaçar, violentar ou estuprar:

DENUNCIE!!!


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto
Denuncie,
peça as Medidas Protetivas,
 se não te atenderem,
corra atrás para que Justiça seja feita,
não permita que o agressor saia impune!
 Se não tens como te livrar,
desse relacionamento opressivo,
obsessivo e possessivo,
se estás em situação de violência e/ou risco,
se estás sendo ameaçada:
Denuncie 180
Antes que ele te mate...
Busque ajuda profissional
(psicológica e/ou psiquiátrica),
porque sozinha,
 não dá para enfrentar essa barra.

condenação por violência doméstica contra a mulher pode incluir dano moral mínimo


Escrito por Patricia Sales em 6 de março de 2018

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Agradeço a Deus, pela minha Vida,
 que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário