Com amor, todo sonho é possível

Graça é uma palavra interessante.

A imagem pode conter: 1 pessoa, planta, árvore, céu, flor, atividades ao ar livre e natureza
Bom dia família e amigos!

Deus abençoe a todos!!

FELIZ SÁBADO!!!

João Bandeira

João 1.14 “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai”.
Graça é uma palavra interessante. É uma palavra atraente, convidativa, graciosa… Entender a graça de Deus e vivê-la é ainda mais arrebatador…
Mas é interessante saber que haverá sempre aqueles que vão querer tirar a sua alegria de provar da graça libertadora em sua vida.
No livro de Gálatas, temos exemplos de pessoas que não entendiam a graça de Deus. Por não entenderem a graça de Deus que produz no homem força espiritual, habilidade Divina e capacidade sobrenatural, era fácil ver a infelicidade de alguns que queria tirar a liberdade e alegria que a graça proporciona.
Práticas da velha aliança, o velho jeito de pensar, o tradicionalismo e a religiosidade misturada com uma falsa piedade, um padrão artificial de viver, um legalismo operando em sincronia com o medo, vergonha e culpa.
Era assim que as pessoas que se apoiavam na lei viviam. Uma vida tediosa, frustrada. Não é tão agradável viver assim, mas é mais fácil…
É delicado dizer isso, mas é a verdade. Há pessoas assim no meio cristão. Há pessoas assim não nascidas de novo.
Se você ler com um pouco mais de cuidado o livro de Gálatas, vai perceber que Paulo não estava disposto a deixar a sua liberdade em Cristo, assim como a dos seus irmãos na fé perderem a virilidade do Cristianismo pelo velho estilo de vida que nunca produziu resultado algum.
Em João 1.16,17 a Bíblia diz que todos nós temos recebido da sua plenitude e graça sobre graça. Também diz que a lei veio por intermédio de Moisés, mas a Graça e a verdade vieram por meio de Cristo.
Jesus veio inaugurar um novo tempo. Ele veio manifestar um novo estilo de vida. As palavras dele eram graciosas. Sua fisionomia era graciosa, suas ações provaram que a Graça devia ser vivida!
Quando os fariseus perguntaram a ele se era lícito no Sábado fazer o bem, “pois para eles era melhor ver alguém morrer do que trabalhar em favor do próximo em um dia de Sábado”, Jesus simplesmente fez o que Ele foi chamado para fazer: Manifestar a Graça e a verdade!
Quando os fariseus pegaram a mulher adúltera para condená-la, pronta para apedrejá-la, pois assim a lei ordenara. Jesus simplesmente demonstrou a Graça de Deus, não a condenando e sim a perdoando.
Leia os Evangelhos e você verá mais exemplos da vida Graciosa de Jesus.
A religião é ridícula. Ela valoriza mais as leis do que as pessoas. Jesus não veio trazer mais uma religião, e sim um relacionamento entre Deus e o homem.
Jesus extravasou graça por meio das suas palavras. Ele viveu uma vida de alegria, paz, prazer, satisfação, liberdade e amor. Ele veio trazer essa vida graciosa para qualquer um que a desejasse.
Uma vida sem a graça de Deus é uma vida desgraçada. Coisa sem graça é um crente sem graça! Não me vejo mais vivendo sem a graça de Deus ao meu dispor.
Eu já vivi sem a graça de Deus. Era uma vida muito chata. Não valia a pena continuar daquela forma. Mas graças a Deus pela Graça de Deus! Ela me alcançou!
Se você não conseguia ser uma pessoa animada, disposta, criativa, amorosa, cheia de força e expectativa, saiba que a graça de Deus nos educa para que possamos viver no presente século uma vida sensata, justa e piedosa.
Você pode viver uma vida sem pecado, medo e condenação.
A graça de Deus pode te ensinar a ser quem você sempre quis ser, mas nunca conseguiu por suas próprias forças. Lembre-se que a graça é a habilidade, suficiência, capacidade Divina, a bondade de Deus em ação ao teu favor!
Prove-a e nunca mais seja o mesmo!
João Bandeira

A imagem pode conter: texto
João Bandeira

E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.
Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural;
Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era.
Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecediço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito
TIAGO 1:22-25
João Bandeira

A imagem pode conter: planta, atividades ao ar livre, natureza e água
Bela natureza!!!
João Bandeira

Gratidão, João Bandeira!

Agradeço a Deus, pela minha Vida, 
que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário