Com amor, todo sonho é possível

Finalmente, alguma coisa mudou!!!


Finalmente, alguma coisa mudou!!!
Enquanto as mulheres eram tratadas
como mero objeto de posse do homem,
sem nenhum direito, apenas com obrigações a cumprir,
pelos laços do matrimônio,
se matavam ou morriam nas mãos do companheiro,
quando delas queriam se livrar,
para poder usufruir da pensão decorrente de sua morte e
se apossar do patrimônio da mulher.
Alguns, mais espertos, as levaram à loucura,
incapacitando-as para o trabalho e para a vida,
dominando os filhos para as acusar e rejeitar...
Esperamos que o manual, de fato,
ajude a diagnosticar e
reconhecer as mulheres que
estão sendo agredidas ou correm risco de agressões,
para orientar e evitar novos
suicídios e feminicídios.

Não se cale,
denuncie!

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto
📒👩‍⚕️ A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu em 2014 um manual com orientações aos profissionais da saúde a fim de qualificar o atendimento desses casos. Além de violar a saúde física, a violência doméstica pode causar danos à saúde mental, sexual e reprodutiva das mulheres. A ideia do manual é que os profissionais sejam treinados não só para ajudar as mulheres violentadas, mas, também, para reconhecer aquelas que correm risco de agressões para orientá-las.

Segundo a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, a violência doméstica tem proporção epidêmica na saúde mundial e os sistemas de saúde devem se comprometer a fazer mais pelas vítimas.

#MPMG #MinisterioPublico #16diasdeativismo#violenciadomestica #OMS

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto
Mais da metade das mulheres assassinadas no mundo em 2017 foram mortas por companheiros ou familiares. Segundo um estudo realizado pelo gabinete das Nações Unidas de Drogas e Crimes (ONUDC), dos 87 mil homicídios de mulheres registrados no ano passado, cerca de 50 mil (58%) entram nessa estatística. O mesmo estudo mostra que aproximadamente 30 mil desses assassinatos (34%) foram praticados pelos parceiros das vítimas.

#MPMG #ministerioPublico #16diasdeativismo#violenciadomestica

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto
🔄 A psicóloga norte-americana Lenore Walker desenvolveu uma teoria conhecida como “ciclo da violência”. Segundo Leonore, a violência de gênero acontece de forma cíclica, passando pelas fases da tensão, violência e reconciliação.

Na fase da tensão o agressor mostra irritação, xinga, cobra e ameaça a vítima, buscando fragilizá-la emocionalmente. Na fase da violência, acontecem as agressões físicas como socos, tapas, queimaduras, arranhões e outras diversas formas. Na fase da reconciliação ou “lua de mel”, o agressor demonstra arrependimento e envolve a vítima com carinho, atenção, presentes e promessas de mudança de comportamento. Contudo, o agressor não demora a voltar a primeira fase e recomeçar o ciclo. 🔙

⚠️ Fique atenta aos sinais e quebre o ciclo da violência. Denuncie!

#16diasdeativismo #defesadamulher #mpmg#ciclodaviolência #violênciadegênero

A imagem pode conter: texto
⚖️ O artigo 7º da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006) define as formas de violência doméstica e familiar contra a mulher. São tipos de abuso a violência física, psicológica, sexual, patrimonial e moral. Humilhar, xingar, controlar as ações, expor a vida íntima, impedir o uso de métodos contraceptivos, causar danos ao patrimônio, entre outras ações, são formas comuns de violência que mulheres sofrem.

Ajude a combater a violência contra a mulher, denuncie!

👩📞 Por meio do Ligue 180, central de atendimento à mulher, é possível registrar denúncias de maneira gratuita e confidencial. O canal funciona 24 horas por dia.

Também é possível recorrer ao #MPMG, saiba mais:bit.ly/LeiMariadaPenha-MPMG

#16diasdeativismo #defesadamulher#direitoshumanos #ministériopúblico

A imagem pode conter: texto
🖋 A Lei 11.340/06 (Lei Maria da Penha) representa uma das medidas implementadas pelo Estado para, além de coibir e prevenir a violência doméstica e familiar, acelerar a igualdade entre homens e mulheres. Ela reconhece que as mulheres estão em uma condição em que merecem proteção especial e diferenciada como forma de superar a inferiorização que sofrem no âmbito doméstico e familiar.

📣 ⚠️ Veja como denunciar agressões:https://goo.gl/xRMQMu

🎬 Conhece a história da Maria da Penha? O CNJ fez um vídeo contando o caso da mulher que inspirou a criação da Lei com seu nome. Assista pelo link: https://goo.gl/SEznhE

#mpmg #MinistérioPúblico #16diasdeativismo#violênciadoméstica #leimariadapenha
Denuncie,
peça as Medidas Protetivas,
 se não te atenderem,
corra atrás para que Justiça seja feita,
não permita que o agressor saia impune!
 Se não tens como te livrar,
desse relacionamento opressivo,
obsessivo e possessivo,
se estás em situação de violência e/ou risco,
se estás sendo ameaçada:
Denuncie 180
Antes que ele te mate...
Busque ajuda profissional
(psicológica e/ou psiquiátrica),
porque sozinha,
 não dá para enfrentar essa barra.
Maria Teresa


#vamosfalarmaisclaro

Agradeço a Deus, pela minha Vida,
 que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário