Com amor, todo sonho é possível

É triste envelhecer, mas é bom amadurecer!


É triste envelhecer, mas é bom amadurecer.
Brigitte Bardot



A imagem pode conter: texto
Bom diaaa
Feliz domingo para todos ❄️☃️🌡️ 15°


#partiudomingo 🌷🌿🍃🌹🍁🌺😀
Aproveite cada momento, não para fugir da vida,
 mas para a vida não fugir de você...
Buona Domenica...


A imagem pode conter: texto
Geladoooo ☃️☃️☃️☃️❄️🌡️


"... Estamos meu bem por um triz

Pro dia nascer feliz
O mundo acordar e a gente dormir, dormir
Pro dia nascer feliz
Essa é a vida que eu quis
O mundo inteiro acordar e a gente dormir..."
#CAZUZA


A imagem pode conter: flor
Singularidade....
 A delicadeza está nos detalhes 🌷




Épico... Dean Winchester (Jensen Ackles) "cantando" Eye Of The Tiger, do Survivor... hahahaha


Nenhuma descrição de foto disponível.
Hei....💜


A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo
Uiiii... Maquiagem é tudo


         20 de março de 2018

Essa quinta-feira tem voz e violão em Londres!
 A 1ª sessão já está esgotada, garanta seu ingresso para a 2ª sessão nos sites: islingtonassemblyhall.co.ukwww.seetickets.com ou www.elondres.com/nandoreis.


Linda 😍🎵
                                                                          7 de maio de 2018
                                                                        Cuida bem de mim 🎶

Ana Lúcia       
Icons BR
Não era para Chris Evans ter sido o Capitão América! O papel só foi interpretado pelo galã graças à insistência de um outro super-herói da Marvel.


                                                                                6 de março
SENSACIONAL!!! Uma breve história do Rock Nacional anos 80.
 Um MEDLEY em voz e violão: 30 bandas em 8 minutos.
Voz @claudio.franzon.9
Violão: @renato.goetten 


🎸🎸🎸🎸🎙️🎵💃🕺


Fechando minha noite ❤️
                                                                                     9 de março


A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up e atividades ao ar livre
Dizem que a velhice é a idade do Pôr-do-Sol, e é verdade! 
Mas há Pores-do-Sol que todos param para olhar...
Richard Gere


A imagem pode conter: pessoas sentadas
❤️🌷


Nenhuma descrição de foto disponível.
Amor Virtual

(Fabrício Carpinejar)

Acredito em amor virtual. Não adianta se valer do ceticismo da carne e dizer que a distância engana, que as pessoas não se conhecem, que pode haver desfeita e desilusão. Acredito em amor virtual. Pois nada é mais expansivo e verdadeiro do que se conhecer pela linguagem. Nada é mais íntimo e pessoal do que se doar pela linguagem.
Não serei convencido da frieza do relacionamento na web, da articulação de fachadas e pseudônimos, da ironia e dos subterfúgios denunciados nos chats. O que acontece na internet reproduz a vida com seus defeitos e virtudes, não se pode exagerar na desconfiança. O amor virtual é tão real quanto o sangue. Não preciso enxergar o sangue para verificar se ele corre. O amor virtual trabalha com a expectativa e a ansiedade. Como um teatro que se faz de improviso, com a ardência de ser aceito aos poucos, sem o temor e os avisos em falso do rosto.
Na correspondência, há a esperança de ser amado e de entreter as dores. A esperança aceita tudo, transforma todo troco em investimento. Um gesto de redobrada atenção, uma resposta alentada, uma frase diferente, um cuidado excessivo, a cordialidade do eco e o amor se instala.
Não há o julgamento pelas aparências (que se assemelha a uma execução sumária), mas o julgamento em função do que se imagina ser, do que se deseja, do que se acredita. São raros os momentos em que se pode fechar os olhos para adivinhar. Adivinhar é delicioso - é se dedicar com intensidade às impressões mais do que aos fatos. Alguns dirão que é alienação permanecer horas e horas teclando ou diante de uma câmera e do computador. Mas é envolvimento, amizade, compromisso. É pressentir o cheiro, formigar os ouvidos, seduzir devagar. Não conheço paixão que não ofereça mais do que foi pedido.
Quem reclamava da ausência de preliminares deve comemorar o amor virtual? Nunca se teve tanta preliminar nas relações, rodeios, educação. Fica-se excitado por falar. Devolve-se à fala seu poder encantatório de persuadir. Afora o espaço democrático: um conversa e o outro responde. Findou o temporal de um perguntar para outro fingir que está ouvindo. No amor virtual, a linguagem é o corpo. Dar a linguagem é entregar o que se tem de mais valioso. É esquecer as roupas na corda para escutar a chuva. É recordar de memórias imprevistas como do tempo em que se ajudava à mãe a contornar com o garfo a massa do capeletti. Conversa-se da infância, dos fundos do pátio, do que ainda não se tinha noção, sem ficar ridículo ou catártico. Abre-se a guarda para olhares demorados nos próprios hábitos. A autocrítica se converte em humor; a compreensão, em cumplicidade. É uma distração para concentrar. Uma distração para dentro. Vive-se com mais clareza para contar e se narrar.
Amor virtual é conhecer primeiro a letra, para depois conhecer a voz. A letra é o quarto da voz.


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto
Boa noite
Doce bailado do sono 😴😴😴
Os leves passos de uma bailarina revelam a delicadeza de uma mulher que dança sobre o vento, e com gestos suaves e bem armados desvenda os mistérios de uma canção que nem mesmo o tempo ousou revelar.
Gustavo Nascimento

Gratidão, Ana Lúcia!

Agradeço a Deus, pela minha Vida,
 que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário