Com amor, todo sonho é possível

Estou, literalmente, no mato sem cachorro!!!



Estão querendo me calar,
boicotando a internet que meu filho
 instalou em minha casa,
para que eu saia daqui!

Estou, 
literalmente,
no mato sem cachorro!


#vamosfalarmaisclaro
Falar ainda é a melhor solução!
Vá à luta, alguém vai te escutar!
Não se torture!
Não se culpe!

Mataram minha filhota e defensora,
a Estrelinha, de 6 anos,
foram os cachorros do vizinho,
 mas não tenho como provar...

Mataram todas as minhas criações,
foram os cachorros do vizinho,
mas não tenho como provar...

Estouraram meu cano d'água,
não sei quem foi e
não tenho como provar!

Estão entrando em minha casa,
minha máquina de costura,
que estava boa, está novamente quebrada,
não tenho como provar!

Estouraram minha máquina de lavar,
novinha, ainda estou pagando,
mas não tenho como provar...

Obstruíram a descida da água,
da rua em que moro,
a chuva está levando todo o concreto,
já não tenho acesso à minha casa,
já reclamei na sub-prefeitura,
mas não tenho como provar...

Fotos de ontem: 05/06



Fotos de hoje: 06/06
1 23
4 5

foto 1 - A rua da minha casa, destruída, que já cresceu mato e
não tenho mais como descer para ir à Igreja,
tenho que dar a volta, mais de 1 km...
Foto 2 - Todos os dias tem marca de carro ou máquina que tenta subir;
Foto 3 - forçando a curva, para a estrada que abriram no terreno da frente;
Foto 4 - destruindo todo o concreto que havia, para a descida;
Foto 5 - Estão "rebaixando" a subida!!!

No final de semana passado,
com gado no meu quintal,
tentei colocar pra fora e não consegui,
já haviam estourado a cerca na quarta,
a Tiana, minha amiga, consertou na sexta,
não havia mais por onde entrar,
mas, às 17 horas da sexta,
depois de constatar que haviam estourado
minha máquina de costura,
ouvi barulho de pessoas no quintal,
saí e me deparei com o gado (3) e
os cachorros do vizinho,
que quando me viram,
desceram rapinho...
 Olhei em toda volta, a cerca estava intacta,
só podiam ter vindo do terreno de baixo,
local que desbarrancou...
Tentei colocá-los para fora, mas não consegui,
tentei ligar para todas as pessoas que conhecia,
liguei para o 180, que me mandou ligar para o 190,
liguei, liguei, só dava ocupado...
Fui dormir, no sábado cedinho, liguei para o 190,
consegui falar, prometeram mandar a viatura,
mandaram que eu fosse para a estrada,
quando cheguei havia um ônibus quebrado,
perguntei se viu uma viatura da PM,
o rapaz me disse que havia acabado de passar uma...
Eu precisava tirar aquele gado de minha casa,
comecei a pedir para as pessoas que passavam
para ligar para o 190,
até que um casal ligou e disseram para ligar para a Prefeitura,
sábado não tem expediente, o sr. vendo meu desespero,
falou que iria em casa, que sabia lidar com gado...
E, realmente, tirou...
Conclusão, na segunda feira, fui fazer BO,
não tenho como provar que estão querendo me tirar daqui!!!
O que ouvi: Tenho que saber quem é dono do gado,
tenho que fazer um alambrado resistente,
mudar novamente a fechadura e,
pelo jeito, colocar câmeras e alarme em minha casa...
Não tenho dinheiro para fazer isso,
estou à mercê do psicopata e dos meus filhos,
que querem me tirar daqui...

Uma história sem fim ou...


A imagem pode conter: texto
Gratidão, Renata CPassos!


Denuncie,
peça as Medidas Protetivas,
 se não te atenderem,
corra atrás para que Justiça seja feita,
não permita que o agressor saia impune!
 Se não tens como te livrar,
desse relacionamento opressivo,
obsessivo e possessivo,
se estás em situação de violência e/ou risco,
se estás sendo ameaçada:
Denuncie 180
Antes que ele te mate...
Busque ajuda profissional
(psicológica e/ou psiquiátrica),
porque sozinha,
 não dá para enfrentar essa barra.
Maria Teresa



Agradecemos a Deus e, 
aos Anjos que Ele colocou em nosso caminho,
que ouviram nossas dores, temores e pavores, com muita paciência,
tendo sempre uma palavra de confiança e esperança, 
para nos confortar...

Agradeço a Deus, pela minha Vida,
 que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!
Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário