Com amor, todo sonho é possível

A receita: uma história sobre o poder da experiência...


Rubem Alves_Oficial

Esta história sobre o poder da experiência fala sobre uma mãe e seu único filho de 16 anos de idade. De repente, e devido a várias circunstâncias, o jovem adoece e não quer melhorar. A mãe não sabe o que fazer até que ela consulta um homem sábio.

A receita: uma história sobre o poder da experiência




Esta história sobre o poder da experiência começa em um país distante onde uma mãe vivia com seu único filho. A mulher era viúva e a sua razão de ser e sua maior alegria era aquele filho de 16 anos, que lhe dava força para seguir em frente.
A mãe tinha uma renda modesta. Ela vivia de remendar roupas, um trabalho que executava perfeitamente. Tinha muitos clientes e, embora às vezes fosse forçada a trabalhar ‘de sol a sol’, sentia-se satisfeita porque podia dar ao seu filho tudo o que ele precisava.
Em um certo momento, apareceram mais clientes do que o habitual. Conta a história que a mulher tinha que se levantar com os primeiros raios do sol e se deitava de madrugada. No entanto, ela estava feliz. Mais clientes e mais trabalho também significavam uma renda adicional.
“Dar um exemplo não é o principal meio de influenciar os outros; é a única forma”.
– Albert Einstein –

Uma situação inesperada

Quando o seu trabalho terminou, a mulher tinha muito mais dinheiro do que já tinha visto antes. Ela conseguiu comprar alguns móveis novos para substituir aqueles que estavam mais gastos e também comprou roupas novas para os dois.
Além disso, ela tinha dinheiro sobrando para fazer uma compra que normalmente não poderia pagar. Conta a história sobre o poder da experiência que a mulher adquiriu várias iguarias que nem ela nem seu filho haviam provado antes.
Frutas exóticas, presuntos trazidos de terras distantes, faisões, codornas e até uma boa porção de cervo. O menino estava feliz, já que ele adorava experimentar novos alimentos.
Depois de uma semana experimentando aquelas deliciosas iguarias, o jovem começou a se sentir mal. O seu estômago doía muito e ele sentia náuseas. A mãe lhe pediu que fizesse dieta, mas ele não resistia. Os dias foram passando e ele não melhorava.

Uma consulta necessária

Como não sabia como resolver a situação, a mãe ficou muito preocupada. Ela não sabia se o seu filho estava intoxicado ou se o excesso de comida lhe causara uma forte indigestão. Por essa razão, decidiu levá-lo ao médico local, para que ele desse a sua opinião.
O médico examinou o menino cuidadosamente. Ao mesmo tempo, a mãe lhe contou sobre os excessos alimentares que haviam ocorrido nas últimas semanas. Ela também detalhou um a um os alimentos que ele havia comido e em que quantidade.
Segundo a história sobre o poder da experiência, o médico disse que o caso era muito simples. Tratava-se simplesmente de um mal-estar por excesso de comida. A solução também era muito fácil: o menino teria que jejuar por uma semana. Ele só poderia beber água e comer algumas frutas.
O médico assegurou que, se ele seguisse as suas instruções, melhoraria. No entanto, o menino estava relutante. Assim que chegaram em casa, ele voltou a comer como de costume.
Como era de se esperar, ele permaneceu doente. Então, a mãe foi informada de que havia um homem muito sábio nas montanhas. Talvez ele pudesse resolver o seu problema.

Uma história sobre o poder da experiência

Esta história sobre o poder da experiência diz que a mulher aproveitou o fato de que alguns de seus vizinhos iam fazer uma viagem para a montanha. Ela pediu que eles procurassem o sábio e comentassem a situação. Então, talvez ele dissesse o que poderia ser feito para que o jovem parasse de comer e melhorasse da sua doença.
Depois de alguns dias, os vizinhos retornaram. Disseram-lhe então o que o sábio recomendara. O sábio disse que o jovem deveria seguir a recomendação do médico, porque era o mais adequado.
Se mesmo sabendo qual era a solução, o rapaz persistisse em seu comportamento, então o jovem e sua mãe deveriam falar com ele em exatamente uma semana.
A mulher comentou sobre tudo isso com o jovem, mas ele não prestou atenção. Como era seu costume, continuou a comer e, obviamente, permaneceu doente. Uma semana depois, a mãe preparou tudo e foi com o filho para as montanhas. Tinha a esperança de encontrar uma solução para o seu problema.
Quando chegaram à cabana, a mãe perguntou ao sábio o que deveria fazer. O homem sábio respondeu: “Jejuar por uma semana”. A mulher ficou desapontada. Ela achou que tinha desperdiçado o seu tempo. O menino então disse: “Eu não consigo jejuar, é impossível”.
O sábio respondeu: “Sim, é possível jejuar. Eu estou jejuando há uma semana, desde que eu soube que você viria”. Então, o jovem se sentiu envergonhado. Sem hesitar, ele jejuou e melhorou uma semana depois.
Gratidão, Rubem Alves_Oficial!

Agradeço a Deus, pela minha Vida,
 que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!

Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário