Com amor, todo sonho é possível

Uma reflexão sobre a solidão na velhice...


A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
Uma triste realidade 😔

Na maioria das vezes, a violência contra a pessoa idosa é cometida por alguém próximo, sendo os filhos os maiores responsáveis pelos abusos (52,9%), segundo dados do balanço de 2018 do Disque Direitos Humanos, canal de recebimento de denúncias do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). Com relação ao gênero, as mulheres são as que mais sofrem violência, representando 62% dos casos. Dos tipos de violações, as mais constatadas são negligências (38%), violência psicológica (humilhação, hostilização, xingamentos etc.) com 26,5%, seguido de abuso financeiro e econômico/violência patrimonial, por exemplo, retenção de salário e destruição de bens (19,9% das situações). A quarta maior recorrência se refere à violência física: 12,6%. Vale ressaltar que uma mesma vítima pode sofrer várias dessas violações.
Confira: http://bit.ly/IdosoBalanco

Descrição da imagem #PraCegoVer e#PraTodosVerem: Fotografia de senhora idosa com expressão triste e com a mão direita no rosto. Texto: Por mais dignidade. Violência contra idosos aumentou 13% em um ano. Só em 2018 foram mais de 37 mil denúncias no canal de atendimento. Se você presenciar um idoso sofrendo maus-tratos, abandono, violência financeira ou exclusão social, denuncie! Disque 100. CNJ

Rubem Alves_Oficial
Uma reflexão sobre a solidão na velhice, um curta-metragem emocionante!

REVISTAPROSAVERSOEARTE.COM
Um curta metragem (animação) emocionante da cineasta canadense Laura Stewart



Envelhecer
Antes, todos os caminhos iam.
Agora todos os caminhos vêm.
A casa é acolhedora, os livros poucos.
E eu mesmo preparo o chá para os fantasmas.
– Mario Quintana, in: Sapato Florido, 1948.
“Atenção e carinho estão para a alegria da alma, como o ar que respiramos está para a saúde do corpo. Nestas últimas décadas surgiu uma geração de pais sem filhos presentes, por força de uma cultura de independência e autonomia levada ao extremo, que tem um impacto negativo no modo de vida de toda a família.”
– Ana Fraiman, em “Idosos órfãos de filhos vivos – os novos desvalidos“, abril de 2016.
Animação: Blobby | Direção: Laura Stewart | Trilha musical: Quinn Brander | Québec-Canada, 2014 | 2 min. | Sinopse: Blobby um curta-metragem da cineasta canadense Laura Stewart, que teve a sensibilidade de traduzir toda a melancolia e o sofrimento experimentados pelos idosos solitários de hoje.
Saiba mais sobre Laura Stewart
Site oficial
Indicado por: Revista Pazes
Gratidão, Rubem Alves_Oficial!
Agradeço a Deus, pela minha Vida,
 que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!
Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!

Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário