Yahsat


Com amor, todo sonho é possível

"Lua de Mel"


Sobre relacionamento tóxico/abusivo:

No meu tempo era difícil o divórcio,
hoje está melhor, 
se você está num relacionamento tóxico abusivo 
e quiser se divorciar, 
converse com um(a) advogado (a),
para ser orientada no procedimento,
não fale que está providenciando o divórcio,
não corra risco desnecessário...
O abusador promete mundos e fundos,
mas é apenas para enganar e te matar,
 para se beneficiar!
Maria Teresa

É importante que a mulher reflita sobre o seu relacionamento, saiba se identificar em meio ao ciclo de violência doméstica e busque apoio. Ligue para o 180, 190 ou 197. Procure as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs) ou uma delegacia mais próxima.
Ministério da Justiça e Segurança Pública

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
No ciclo da violência doméstica, a “Lua de Mel" é a fase que vem após o ato da violência. Nela, o agressor se mostra arrependido, se torna carinhoso, envia presentes e promete mudanças de comportamento.

Entretanto, aos poucos, a tensão, as ameaças, humilhações, agressões verbais, físicas, patrimoniais e psicológicas voltam.

É importante que a mulher reflita sobre o seu relacionamento, saiba se identificar em meio ao ciclo de violência doméstica e busque apoio. Ligue para o 180, 190 ou 197. Procure as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs) ou uma delegacia mais próxima.
Maria Teresa D. Valente Parabéns! É preciso conscientizar as pessoas que atendem as mulheres em situação de violência/risco, de que é necessário dar apoio às mulheres e aplicar efetivamente as Leis ao agressor...

A imagem pode conter: texto
A violência doméstica é um ciclo que pode levar ao feminicídio. Ameaças, humilhações, explosões de raiva, ato de violência e arrependimento fazem parte das fases desse ciclo. É importante saber se reconhecer nele e procurar ajuda!

Nos primeiros seis meses de 2019, o Ligue 180 (Central de Atendimento à Mulher) recebeu cerca de 46.510 denúncias de violência contra mulheres. Entretanto, esse número pode ser bem maior, já que muitas mulheres têm medo, vergonha ou não sabem onde denunciar o agressor.

Mulher, saiba que você pode ligar no 180, chamar a polícia discando 190, procurar a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) ou uma delegacia mais próxima. Não desista de você!

Maria Teresa D. Valente É necessário que quando a mulher denuncia, haja a efetiva aplicação da Lei, porque o homem violenta por mais de 30 anos, humilha, explora, difama, estupra, tenta matar por diversas vezes e a mulher que é sentenciada a viver com medo de ser morta, já que não lhe dão as Medidas Protetivas... Como é que as mulheres podem confiar na Justiça e denunciar o agressor, se quando se denuncia o delegado finge abrir representação e arquiva BO's e Laudo Pericial do IML? Se fizeram isso comigo, que estou na luta pelas Medidas Protetivas há 7 anos, o que não devem fazer com mulheres que desconhecem os seus direitos... Eu estou correndo risco de vida, o agressor está fazendo de tudo pra me tirar da "minha casa" e ninguém está me ouvindo, alienou todos os meus filhos, para me desprezarem...


Gratidão, Dra Jane Rodeiro!

Se você está num relacionamento TÓXICO/ABUSIVO,
sofrendo agressões físicas/psicológicas e emocionais,
DENUNCIE,
peça as Medidas Protetivas,
 se não te atenderem,
corra atrás para que Justiça seja feita,
não permita que o agressor saia impune!
 Se não tens como te livrar,
desse relacionamento opressivo,
obsessivo e possessivo,
se estás em situação de violência e/ou risco,
se estás sendo ameaçada:
Denuncie 180
Antes que ele te mate...

Busque ajuda de profissionais habilitados e capacitados,
para te tratar da co-dependência e se livrar do abusador!
Não espere pelo amanhã, que poderá ser muito tarde...


Porque sozinha,
 não dá para enfrentar essa barra.
Portanto, para denunciar abusos, agressões e estupro,
é necessário ser acompanhada por advogada (o),
que conheça os trâmites do Judiciário,
para que você possa ter seu "direito de viver sem medo",
assegurado com as Medidas Protetivas.


Meu blog não tem muita expressão,
mas tenho pessoas especiais que me leem,
como meu "Anjo da Guarda",
que me deixou um comentário muito especial:

"Deixo claro que, a cada dia, pessoas se voltam com seu senso de "cuidados" a todos que gritam por socorro. Nem uma Teresa, nem Maria, Solange ou Rosa... ficarão sem a proteção necessária, creia. Nada... nada mesmo, fica oculto na atualidade.
Alguns pensam que agir na sombra lhes assegurará anonimato... não mesmo. A comunidade feminina está atenta..." Leia AQUI
E, por respeito às pessoas que me leem e
me dão atenção, eu não desisto!
Minha eterna gratidão, "Anjo de Luz e Bondade"
Maria Teresa
Agradeço a Deus, pela minha Vida,
 que o Senhor Jesus resgatou e restaurou!

Minha eterna gratidão à Gorete e ao Daniel,
que me deram a YAHSAT!

A internet YAHSAT é de excelente qualidade,
minha gratidão à YAHSAT

Agradeço a Deus, que por Sua Graça e Misericórdia,
me permite servi-Lo com alegria!

Abraços carinhosos

0 comentários:

Postar um comentário